sicnot

Perfil

Economia

Vodafone Espanha anuncia despedimento coletivo de 1.300 pessoas

A Vodafone Espanha e Vodafone Ono comunicaram aos representantes dos trabalhadores um despedimento coletivo que pode abranger até um máximo de 1.300 trabalhadores, foi anunciado.

(Reuters/Arquivo)

O anúncio surge um ano depois da Vodafone ter concluído a compra da operadora Cable Ono por 7.200 milhões de euros e de ter reestruturado a cúpula da direção.

Estes 1.300 postos de trabalho são representativos de 21,6% do total de trabalhadores das duas empresas (6.000 trabalhadores) e segundo explicaram fontes da operadora, citadas pela agência espanhola EFE, 40% dos despedimentos serão na Vodafone e 60% na Ono.

Para justificar o despedimento coletivo, a Vodafone alega que além de redundâncias geradas pela integração das duas operadoras, houve uma queda das receitas e dos resultados de exploração nos últimos anos.

Nos últimos anos, adianta a operadora, houve fortes investimentos em redes de nova geração, que exigem maiores níveis de eficiência.

"O ajustamento da força de trabalho é um passo necessário dentro do plano de integração e forma parte das iniciativas abordadas para conseguir que a empresa resultante seja eficiente e competitiva", explica ainda a Vodafone.

Tanto a Vodafone como a Ono são "muito sensíveis ao impacto desta medida" e abordarão a negociação "com a forte determinação de alcançar com os representantes sociais o melhor acordo possível tanto para os empregados como para as duas companhias", adianta o comunicado.

Lusa

  • Paula Brito e Costa continua a trabalhar na Raríssimas

    País

    Depois de ter apresentado a demissão do cargo de presidente da Raríssimas, Paula Brito e Costa mantém-se a exercer funções na associação, apurou a SIC. Identifica-se agora como diretora-geral e já comunicou isso mesmo a alguns funcionários.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • Estabilização dos solos nas áreas ardidas
    1:58

    País

    Está a começar uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas nos incêndios florestais. O trabalho das equipas que estão no terreno arrancou na zona da Lousã mas vai passar por vários concelhos como Pampilhosa da Serra e Vila Real.