sicnot

Perfil

Economia

Audi, BMW e Daimler compram mapas digitais à Nokia por 2800 milhões de euros

Os fabricantes automóveis alemães Audi, BMW e Daimler compraram à empresa finlandesa Nokia o negócio dos mapas digitais Here por 2800 milhões de euros.

A transação, que carece de ser aprovada pelas autoridades competentes, deve ser fechada previsivelmente no primeiro trimestre de 2016. (Arquivo)

A transação, que carece de ser aprovada pelas autoridades competentes, deve ser fechada previsivelmente no primeiro trimestre de 2016. (Arquivo)

© Lehtikuva Lehtikuva / Reuters

O anúncio foi feito hoje pela Daimler, que indicou que os três fabricantes vão ter participações idênticas, clarificando, portanto, que nenhum terá uma participação maioritária.

A transação, que carece de ser aprovada pelas autoridades competentes, deve ser fechada previsivelmente no primeiro trimestre de 2016.

"Com a aquisição, assegura-se a disponibilidade a longo prazo dos produtos e serviços da Here como uma plataforma aberta, independente e geradora de valor para os mapas e outros serviços de mobilidade na Internet", indicou a Daimler, no comunicado conjunto das três empresas automóveis alemãs.

A Here estabelece a base para a nova geração de mapas e serviços de mobilidade.

Além disso, para a indústria automobilística cria a base para um novo sistema de assistência que permita alcançar a condução completamente automatizada.

Mapas digitais muito detalhados vão ser conectados com dados do veículo em tempo real para aumentar a segurança do tráfego e possibilitar serviços e produtos inovadores.

Cada uma das empresas poderá oferecer aos seus clientes serviços específicos da sua marca e diferenciados que terão como base dados iniciais similares.

"O nosso ambiente muda constantemente, por isso, devem atualizar-se continuamente os mapas digitais e de informação para oferecer a maior utilidade", disse o presidente da Audi, Rupert Stadler.

Lusa

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.