sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a caírem a dois, cinco e dez anos

Os juros da dívida de Portugal estavam hoje a cair a dois, cinco e dez anos em relação a segunda-feira, alinhados com os da Irlanda, Espanha e Itália.

SIC

Hoje, cerca das 09:00 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a avançar para 2,367%, contra 2,399% na segunda-feira e depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho último, um máximo desde meados de outubro de 2014.

O atual mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.

Os juros a cinco anos também estavam a descer, para 1,192%, contra 1,211% na segunda-feira, depois de terem subido a 16 de junho até aos 1,927%, um máximo desde meados de outubro de 2014, e descido para o mínimo de sempre, de 0,749%, a 10 de abril passado.

No mesmo sentido, os juros a dois anos estavam a cair para 0,377%, contra 0,388% na segunda-feira e depois de terem subido até ao máximo desde meados de outubro, de 0,807%, a 08 de julho.

O atual mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi atingido a 13 de abril passado.

Depois de ter iniciado a 09 de março deste ano um programa inédito de compra de dívidas soberanas e privadas, que vai permitir a injeção de 60 mil milhões de euros por mês, até, pelo menos, setembro de 2016, na economia da zona euro, o Banco Central Europeu (BCE) manteve as taxas de juro inalteradas em mínimos, na última reunião de política monetária de 16 de julho.

Portugal abandonou oficialmente a 17 de maio de 2014 o resgate sem qualquer programa cautelar.

O programa de ajustamento pedido por Portugal à 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), no valor de 78 mil milhões de euros, esteve em vigor durante cerca de três anos.

Em sentido contrário, os juros da Grécia estavam a subir a dois e dez anos para, respetivamente, 21,651% e 12,072%.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 09:00:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

04/08..... 0,377......1,192....2,367

03/08..... 0,388......1,211....2,399

Grécia

04/08.....21,651.....n disp...12,072

03/08.....21,646.....n disp...11,941

Irlanda

04/08......-0,050....0,290.....1,160

03/08......-0,046....0,305.....1,184

Itália

04/08......0,084.....0,761.....1,746

03/08......0,093.....0,780.....1,772

Espanha

04/08......0,110......0,896....1,913

03/08......0,116......0,920....1,941

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.