sicnot

Perfil

Economia

Toyota recolhe 2,3 milhões de carros no mundo, 28 mil em Portugal

A Toyota anunciou esta terça-feira que vai alargar para 2,3 milhões de carros, em todo o mundo, a recolha às oficinas referente ao detonador de 'airbag' do condutor produzido pelo fornecedor Takata, dos quais 27.945 em Portugal.

a Toyota vai contactar diretamente os proprietários dos modelos Yaris e Hilux, produzidos entre janeiro de 2006 e dezembro de 2011, para que, "mediante a sua disponibilidade, se desloquem com as viaturas à rede oficial de concessionários Toyota". (Arquivo)

a Toyota vai contactar diretamente os proprietários dos modelos Yaris e Hilux, produzidos entre janeiro de 2006 e dezembro de 2011, para que, "mediante a sua disponibilidade, se desloquem com as viaturas à rede oficial de concessionários Toyota". (Arquivo)

Ken Aragaki / AP

Em comunicado, a marca japonesa refere que "na sequência da campanha de serviço que visa os detonadores de 'airbag' produzidos pela Takata, a Toyota vai expandir a mais unidades Yaris e Hilux".

Segundo a Toyota Caetano Portugal, após ter realizado vários testes e investigações sobre o detonador de 'airbag' do condutor produzido pela Takata, a marca nipónica verificou que "existe a possibilidade do 'airbag' do condutor não deflagrar de acordo com o projetado em caso de acidente, e, apesar de ainda não ter identificado a causa, a Toyota decidiu alargar a campanha de serviço aos modelos Yaris e Hilux substituindo o airbag do condutor sem qualquer custo para o cliente".

Assim, a Toyota vai contactar diretamente os proprietários dos modelos Yaris e Hilux, produzidos entre janeiro de 2006 e dezembro de 2011, para que, "mediante a sua disponibilidade, se desloquem com as viaturas à rede oficial de concessionários Toyota".

O construtor de automóveis nipónico acrescenta que a operação será realizada "sem qualquer custo para os clientes e demorará cerca de 40 minutos".

A empresa adianta que se empenhou "afincadamente na segurança e na qualidade dos seus modelos" e, como reflexo desta atitude, colocou "os clientes e as pessoas em primeiro lugar, tomando sem hesitação, qualquer ação que vise a melhoria destes pilares".

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.