sicnot

Perfil

Economia

Banif passa de prejuízos a lucros de 16,1 ME no primeiro semestre do ano

O Banif obteve um resultado líquido de 16,1 milhões de euros entre janeiro e junho, um valor que compara com o prejuízo de 97,97 milhões de euros no período homólogo de 2014, anunciou hoje a entidade.

A "melhoria significativa da atividade" consubstanciou-se "num resultado líquido consolidado positivo", frisa o Banif num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), com a apresentação dos resultados até junho.

"Contudo, importa referir que apesar de ter evoluído positivamente, o resultado líquido foi penalizado, em termos homólogos, pela redução significativa das mais-valias relacionadas com a alienação de títulos de dívida pública portuguesa (90,7 milhões de euros no 1.º semestre de 2014, que compara com 44,7 milhões de euros no 1.º semestre de 2015), e foi também igualmente penalizado pelo aumento de menos-valias relacionadas com venda de ativos imobiliários e reforço das dotações para ativos imobiliários (-17,8 milhões de euros no 1º semestre de 2014 que compara com -45,9 milhões de euros no 1º semestre de 2015)", adverte todavia o banco.

No que refere à margem financeira, esta registou no primeiro semestre de 2015, uma subida de 25,1%, para 55,9 milhões de euros, "beneficiando essencialmente do menor custo de 'funding', sobretudo ao nível dos depósitos'".

Ao nível de comissões líquidas, estas tiveram uma subida de 22,0% em termos homólogos, para 34,9 milhões de euros, evolução que "reflete o enfoque comercial nos segmentos 'core', a manutenção da prossecução de uma política de maior assertividade comercial e fruto igualmente da amortização das obrigações garantidas pelo Estado".

Os custos operacionais, sublinha o Banif, diminuíram 24,5% face ao primeiro semestre de 2014, poupança obtida, diz o banco, "de forma transversal ao nível dos custos de estrutura, tendo os custos com pessoal diminuído 22,3%, os gastos gerais e administrativos descido 27,3% e as amortizações do exercício diminuído 29,0%".

"O Banif obteve no primeiro semestre de 2015 um resultado líquido positivo de 16,1 milhões de euros, que reflete os efeitos das medidas que estão a ser implementadas no âmbito do plano de restruturação do banco e que visam uma profunda transformação do seu modelo de negócio, bem como, assegurar a sua viabilidade num contexto económico e regulamentar extremamente desafiantes", reforça ainda a entidade.

Lusa

  • O dia em que o Brexit começa
    1:25

    Brexit

    A primeira-ministra britânica já assinou a carta que vai enviar ao Conselho Europeu para formalizar a vontade do Reino Unido de sair da União Europeia. O artigo 50.º do Tratado de Lisboa será ativado nas próximas horas. Na véspera, Theresa May recebeu da Escócia um novo contratempo político.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Governo vai dar mais meios à investigação criminal
    2:34

    País

    A ministra da Justiça garante que o Governo vai dar mais meios à investigação criminal, mas assegura que não vai mexer nos prazos dos inquéritos. A questão tem sido insistentemente levantada pela defesa de José Sócrates, que se queixa de que a Operação Marquês já ultrapassou todos os prazos.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.