sicnot

Perfil

Economia

EDP multada em 15 mil euros por recusar livro de reclamações a clientes

A EDP Universal pagou uma multa de 15 mil euros por não facultar imediatamente o livro de reclamações a dois utentes que o solicitaram, informa um aviso da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) hoje publicado na imprensa.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

A decisão de condenação data do início de junho mas a multa foi paga há cerca de três semanas, a 24 de julho, sem que a EDP tenha impugnado a decisão da ERSE.

A contraordenação foi aplicada ao abrigo de um decreto-lei de 2005 que estabelece a obrigatoriedade de disponibilização do livro de reclamações a todos os fornecedores de bens ou prestadores de serviços que tenham contacto com o público em geral, com multas que podem ir aos 30 mil euros.

Esse diploma determina que quando há violação das regras é aplicada uma coima e ainda feita a publicidade da condenação por contraordenação num jornal de expansão local ou nacional.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.