sicnot

Perfil

Economia

BMW atinge vendas recorde em todo o mundo até julho

O grupo automobilístico BMW vendeu nos primeiros sete meses do ano um recorde de 1.272.953 unidades das marcas BMW, Mini e Rolls-Royce, mais 7,5% do que no mesmo período de 2014.

© Michael Dalder / Reuters

A BMW informou hoje que as vendas em julho subiram 5,6%, até ao recorde de 173.195 unidades em comparação com igual mês do passado exercício.

"Apesar da volatilidade em alguns mercados, a BMW conseguiu um crescimento de vendas estável em todo o mundo", disse o diretor de vendas do grupo alemão, Ian Robertson.

Mesmo assim, Ian Robertson disse que está convencido de que a BMW manterá uma evolução positiva no resta do ano.

As vendas da marca BMW subiram entre janeiro e julho cerca de 5,2%, até às 1.079.563 unidades, relativamente aoa mesmos meses de 2014, sendo que o grupo destacou o forte crescimento das vendas dos modelos BMW X, os 'Sport Utility Vehicles' (SUV) da marca alemã.

As vendas da marca Mini aumentaram nos primeiros sete meses do ano 22,5% para 191.355 unidades.

Lusa

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.