sicnot

Perfil

Economia

FMI saúda acordo e insiste no alívio de dívida "insustentável"

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, saudou hoje o acordo alcançado pelo Eurogrupo para um terceiro resgate à Grécia, mas sublinhou que a dívida do país "é insustentável" e defendeu o seu alívio.

© Christian Hartmann / Reuters

Em comunicado, a dirigente do FMI saudou o "importante passo" que é o acordo de princípio sobre um terceiro plano de ajuda a Atenas, mas argumentou que a Grécia, "por si só, não consegue restaurar a viabilidade da dívida".

"Sou firmemente da opinião de que a dívida da Grécia se tornou insustentável e que a Grécia não pode restaurar a sustentabilidade da dívida unicamente através das suas próprias ações", afirmou Christine Lagarde.

Segundo Lagarde, o acordo hoje firmado, que visa disponibilizar 86 mil milhões de euros à Grécia, inclui um esforço "decisivo e credível das autoridades gregas para restaurar o crescimento sustentável e robusto".

"É essencial que os parceiros europeus da Grécia tenham compromissos concretos (...) para proporcionar um alívio significativo da dívida, que vá além do que foi visto até agora", acrescentou.

Os ministros das Finanças da zona euro chegaram hoje a acordo para um terceiro plano de ajuda à Grécia, no valor de 86 mil milhões de euros.

O primeiro desembolso será de 26 mil milhões de euros, dos quais 10 mil milhões vão estar imediatamente disponíveis numa conta especial do fundo de resgate da eurozona para a recapitalização da banca grega.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.