sicnot

Perfil

Economia

Centenas de emigrantes lesados do BES envolvem-se em confrontos com a GNR

Centenas de emigrantes lesados do BES envolvem-se em confrontos com a GNR

O grupo de lesados do BES, que hoje se manifestou em Vilar Formoso, concelho de Almeida, distrito da Guarda, cortou momentaneamente às 11:20 o acesso automóvel a Espanha, nas antigas portagens.


A manifestação, como observou a agência Lusa no local, obrigou a GNR a desviar o trânsito no sentido Portugal -- Espanha por uma via alternativa, pelas traseiras de um antigo edifício alfandegário.

Cerca de 120 manifestantes afirmaram ter sido enganados ao adquirir papel comercial do Grupo Espírito Santo (GES) aos balcões do Banco Espírito Santo (BES) e pretendem ser reembolsados.

A Lusa contactou a GNR, mas não conseguiu qualquer comentário a este incidente.

Com Lusa

  • Primeiro-ministro admite que retatório sobre Tancos possa ser "fabricado"
    2:06

    País

    O primeiro-ministro garante que o relatório divulgado pelo Expresso sobre o desaparecimento de armas em Tancos não é de nenhum organismo oficial e admite até que possa ser fabricado. Costa critica ainda o líder do PSD por ter comentado uma notícia que não confirmou. As Forças Armadas também negaram a existência de qualquer relatório sobre Tancos que o jornal reafirma existir e ser verdadeiro.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    Mundo

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia, na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.