sicnot

Perfil

Economia

Autarca de Peniche garante que há margem para alargar captura da sardinha

Autarca de Peniche garante que há margem para alargar captura da sardinha

Vários autarcas do litoral do país e representantes dos pescadores do cerco insistem no apelo ao Governo para que seja alargado o prazo para a captura da sardinha. É o resultado de uma reunião que decorreu durante toda a manhã em Peniche. O apelo foi repetido pela voz do presidente da Câmara de Peniche, António José Correia.

Em causa estão as quotas da sardinha que já acabaram para uma das 11 organizações de produtores. Assim, 24 embarcações de Peniche e Nazaré estão a partir deste sábado proibidas de apanhar sardinha.

A proibição pode mesmo ser alargada já nas próximas semanas às restantes embarcações dos outros portos do país.

Os pescadores pedem um aumento das quotas ou um alargamento do prazo para minimizar as dificuldades. A sardinha é a principal fonte de sustento e as outras espécies como a cavala ou o carapau não chegam para garantir o rendimento dos pescadores.

No final da reunião desta manhã entre autarcas e representantes dos pescadores, o presidente da Câmara de Peniche criticou a intransigência do Governo. António José Correia voltou a pedir que a ministra da Agricultura alargue o prazo para a captura da sardinha. O autarca de Peniche garante que há margem para isso.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC