sicnot

Perfil

Economia

Consumo de combustíveis aumenta 3,4% até julho

O consumo de combustíveis cresceu 3,4% até julho face ao período homólogo do ano anterior, enquanto o preço aumentou quase 7,8 cêntimos por litro de gasóleo e 21,6 cêntimos na gasolina desde o início do ano.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

Segundo o relatório mensal da Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis (ENMC), em julho, o consumo mensal de combustível manteve a tendência de crescimento, tendo aumentado 4,4% face ao mês de junho, superando a média do aumento dos primeiros sete meses que foi de um crescimento de 3,4%.

Face julho do ano anterior, o consumo de gasóleo aumentou 3%, tendo o consumo de gasolina subido 0,7%.

Entre janeiro e julho, o preço médio de venda aumentou em 7,8 cêntimos por litro e 21,6 cêntimos por litro do gasóleo e da gasolina, respetivamente.

Mas em relação ao ano anterior, o preço médio de venda ao público diminuiu 15 cêntimos por litro no gasóleo e 1,2 cêntimos na gasolina respetivamente, entre e média de janeiro de 2014 e a média de julho de 2015.

Segundo o relatório, o preço médio de venda do gasóleo em Portugal era, a 27 de julho, três cêntimos acima da média da União Europeia, sendo o 10.º país dos 28 com o preço mais elevado no gasóleo, após impostos.

No caso da gasolina, Portugal era o sétimo país com o preço final mais elevado após impostos, entre os 28 países, encontrando-se 4,8 cêntimos (31%) acima da média da União Europeia.

Lusa

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.