sicnot

Perfil

Economia

Maioria das bolsas na Europa em queda, China voltou às perdas

A maioria das bolsas na Europa seguem hoje a negociar em queda, à exceção de Milão e Atenas, que seguem em terreno positivo.

© Kim Hong-Ji / Reuters

Pelas 8:30 [hora de Lisboa], o Euro Stoxx 50 cedia 0,48% para 3.270,18 pontos, com as principais praças europeias a oscilarem entre as perdas de 0,72% de Paris e os ganhos de 1,08% na bolsa de Atenas.

As ações em Madrid recuavam 0,41% e em Frankfurt perdiam 0,55%, pela mesma hora. Já Milão subia 0,22%. A bolsa de Londres estará encerrada por ser feriado.

Já em Lisboa, o índice PSI20 mantinha a tendência de abertura da sessão e seguia a perder 0,56% para 5.250,55 pontos.

Os investidores estarão hoje atentos aos dados da inflação homóloga na zona euro em agosto, estimando-se uma descida de 0,1%, "movimento inverso ao pretendido pelo BCE [Banco Central Europeu] com o programa de compra de ativos que tem em curso (recolocação nos 2%)", refere o analista de mercados Ramiro Loureiro

Nos Estados Unidos será conhecido o indicador Chicago PMI, com os analistas a estimarem uma estagnação do ritmo de expansão da atividade industrial neste distrito da Reserva Federal norte-americana (Fed).

Entretanto, o preço do barril de petróleo Brent, para entrega em outubro, abriu hoje em baixa no Intercontinental Exchange Futures de Londres, a valer 49,25 dólares, menos 0,8% do que no fecho da sessão anterior.

Na sexta-feira, o Brent encerrou no mercado de futuros de Londres nos 50,05 dólares, mais 5,23% do que no fecho da sessão anterior.

O euro, por sua vez, estava a valorizar na abertura do mercado de divisas de Frankfurt ao transacionar-se a 1,1250 dólares, contra 1,1224 dólares a que se negociou nas últimas horas do dia anterior.

Nos mercados asiáticos, a bolsa de Xangai abriu hoje em baixa e mantinha as perdas e meio da sessão quando o seu índice geral cedia 2,61% (84,27 pontos) para as 3.148,08 unidades.

A principal bolsa chinesa, que registou subidas consecutivas durante dois dias após uma crise que levou a perder quase 23% em pouco mais de uma semana, abriu com perdas no Índice Composite de Xangai que se mantiveram até ao intervalo da sessão.

A segunda maior praça financeira chinesa - a de Shenzhen - seguia a mesma tendência a meio da sessão, com o seu índice geral a perder 2,39%.

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC