sicnot

Perfil

Economia

Governo recebeu sete propostas para subconcessão dos transportes do Porto

O Governo recebeu sete propostas, de quatro candidatos, para a subconsessão do Metro do Porto e da STCP.

(Arquivo)

(Arquivo)

Paulo Duarte / AP

No total, foram recebidas sete propostas, provenientes das empresas Alsa, Barraqueiro, Gondomarense e Transdev, adiantou a mesma fonte.

A 14 de agosto, o Ministério da Economia confirmou que o consórcio espanhol TCC, ao qual havia sido adjudicado o processo anterior, não entregou a garantia bancária necessária para assumir a operação da STCP, o que fez cair a subconcessão daquela empresa e a da Metro do Porto por 10 anos.

No dia 24 desse mês, o Governo confirmou o novo lançamento do concurso de subconcessão da STCP e da Metro do Porto, a realizar-se por ajuste direto, tendo sido então disponibilizada a informação aos potenciais interessados, incluindo o consórcio TCC.

Já na semana passada, a Metro do Porto disse subscrever as preocupações "quanto à legalidade processual" do novo concurso de subconcessão da empresa e da STCP levantadas pelo Conselho Metropolitano do Porto (CmP), sublinhando a importância do "rigor, transparência e legalidade" neste processo.

"A Metro do Porto, representante das entidades adjudicantes Metro do Porto e STCP no processo de subconcessão dos respetivos sistemas de transporte, congratula-se e subscreve as preocupações quanto à legalidade processual hoje manifestadas pelo Conselho Metropolitano do Porto, nomeadamente no que respeita à atempada submissão dos contratos de subconcessão a Visto Prévio do Tribunal de Contas", segundo uma declaração da empresa enviada à Lusa.

O presidente do CmP, Hermínio Loureiro, afirmou, após uma reunião extraordinária a propósito do anúncio do novo concurso, que os autarcas tinham "total e absoluta confiança no Tribunal de Contas" no ajuste direto na subconcessão do Metro do Porto e STCP, opção do Governo que contestaram.

Com Lusa

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Nove fatores que aumentam o risco de demência

    Mundo

    Um em cada três casos de demência podia ter sido evitado sem recorrer a medicamentos. Um estudo publicado na revista científica The Lancet explica como é possível evitar a demência e quais os fatores que contribuem para a doença.

  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.