sicnot

Perfil

Economia

Governo recebeu sete propostas para subconcessão dos transportes do Porto

O Governo recebeu sete propostas, de quatro candidatos, para a subconsessão do Metro do Porto e da STCP.

(Arquivo)

(Arquivo)

Paulo Duarte / AP

No total, foram recebidas sete propostas, provenientes das empresas Alsa, Barraqueiro, Gondomarense e Transdev, adiantou a mesma fonte.

A 14 de agosto, o Ministério da Economia confirmou que o consórcio espanhol TCC, ao qual havia sido adjudicado o processo anterior, não entregou a garantia bancária necessária para assumir a operação da STCP, o que fez cair a subconcessão daquela empresa e a da Metro do Porto por 10 anos.

No dia 24 desse mês, o Governo confirmou o novo lançamento do concurso de subconcessão da STCP e da Metro do Porto, a realizar-se por ajuste direto, tendo sido então disponibilizada a informação aos potenciais interessados, incluindo o consórcio TCC.

Já na semana passada, a Metro do Porto disse subscrever as preocupações "quanto à legalidade processual" do novo concurso de subconcessão da empresa e da STCP levantadas pelo Conselho Metropolitano do Porto (CmP), sublinhando a importância do "rigor, transparência e legalidade" neste processo.

"A Metro do Porto, representante das entidades adjudicantes Metro do Porto e STCP no processo de subconcessão dos respetivos sistemas de transporte, congratula-se e subscreve as preocupações quanto à legalidade processual hoje manifestadas pelo Conselho Metropolitano do Porto, nomeadamente no que respeita à atempada submissão dos contratos de subconcessão a Visto Prévio do Tribunal de Contas", segundo uma declaração da empresa enviada à Lusa.

O presidente do CmP, Hermínio Loureiro, afirmou, após uma reunião extraordinária a propósito do anúncio do novo concurso, que os autarcas tinham "total e absoluta confiança no Tribunal de Contas" no ajuste direto na subconcessão do Metro do Porto e STCP, opção do Governo que contestaram.

Com Lusa

  • Enfermeiros dizem que suplemento de 150 € não é suficiente para acordo
    0:57

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros diz que há um avanço nas negociações com o Governo. Esta terça-feira à tarde, uma delegação do Ministério das Finanças esteve numa reunião que decorreu no Ministério da Saúde. Apesar disso, o presidente do sindicato, José Azevedo, explicou à SIC que a proposta do executivo de pagar mais 150 euros aos enfermeiros especializados não é suficiente para chegarem a acordo.

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC