sicnot

Perfil

Economia

Pilotos da Lufthansa prolongam greve para quarta-feira e incluem Germanwings

O sindicato alemão dos pilotos Cockpit, em conflito aberto com a direção do grupo Lufthansa há mais de um ano, anunciou hoje o prolongamento da greve para mais um dia, iniciando-se na terça-feira e terminando na quarta-feira.

© Ilya Naymushin / Reuters

A greve de terça-feira, que afetará os voos de longo curso e o transporte de mercadorias, é a 13.ª em 18 meses, e terá início pelas 06:00 (05:00 em Lisboa) e terminará pelas 22:00 locais (21:00 em Lisboa).

Na quarta-feira, o sindicato vai "apelar a todos os seus membros" para fazerem greve entre as 00:01 (23:01 em Lisboa) e as 23:59 (22:59), anunciou a direção do sindicato na internet, acrescentando que a greve inclui a companhia aérea de baixo custo d grupo alemão, a Germanwings, afetando também os voos de curto e médio curso voos.

Na base do conflito laboral entre o sindicato e a direção da companhia aérea alemã estão as condições do regime de pré-reforma.

Depois da queda de um avião da Germanwings, companhia do grupo Lufthansa, nos Alpes franceses, em março, o Vereinigung Cockpit suspendeu as greves e as negociações com a administração que levava a cabo nos meses anteriores.

Em comunicado, o sindicato avançou que tinha feito concessões significativas, mas sem, no entanto, encontrar uma solução comum com a gerência. O sindicato acusa a companhia alemã de querer "quebrar estruturas sociais" dentro do grupo e "enfraquecer a união."

Para lidar com a concorrência de companhias aéreas de baixo custo, a Lufthansa, além das empresas Germanwings, Swiss e Austrian Airlines, pôs em andamento uma grande reorganização com o objetivo de transferir as suas obrigações nacionais. Algumas pessoas na empresa viram nesta medida uma ameaça ao seu estatuto e remuneração.

Durante as greves anteriores, a Lufthansa, a principal companhia aérea do grupo europeu, conseguiu atenuar o impacto sobre os passageiros e evitar o caos colocando pilotos que ocupam outras posições dentro do grupo a voar e em estreita cooperação com a Deutsche Bahn, operador ferroviário.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.