sicnot

Perfil

Economia

Crédit Agricole negoceia multa até mil milhões dólares EUA por violar embargo

O banco francês Crédit Agricole está em vias de concluir um acordo com a Justiça dos EUA, que implica pagar uma multa de até mil milhões de dólares (891 milhões de euros), por ter violado embargos impostos por Washington.

© Jean-Paul Pelissier / Reuters

A situação foi comunicada à agência de notícias AFP por envolvidos no processo.

Este compromisso está em vias de ser alcançado com as cinco principais entidades estatais norte-americanas envolvidos no dossiê das alegadas violações dos embargos impostos pelos EUA ao Sudão e ao Irão, segundo aquelas fontes, que solicitaram o anonimato.

O acordo deve ser anunciado nas próximas semanas.

As autoridades envolvidas são o Departamento da Justiça, o regulador dos serviços financeiros do Estado de Nova Iorque, a Reserva Federal, o Departamento do Tesouro e a Procuradoria de Manhattan, em Nova Iorque.

Contactado pela AFP, o Crédit Agricole recusou fazer comentários.

No início de agosto, o banco francês anunciou que tinha colocado 1,6 mil milhões de euros de parte destinados à resolução de litígios e revelou que estava em negociações "avançadas" com as autoridades norte-americanas.

Aquelas entidades acusam o banco de ter movimentado milhares de milhões de dólares por conta das entidades submetidas a embargo decretado pelos EUA.

Um caso parecido, envolvendo o banco francês BNP Paribas, saldou-se em 2014 com uma multa recorde e o desembolso da soma de 8,9 mil milhões de dólares, bem como a demissão do administrador-delegado, Georges Chodron de Courcel.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.