sicnot

Perfil

Economia

Crédito ao consumo aumenta 26,1% em julho

O crédito ao consumo cresceu 26,1% em julho de 2015 face ao mesmo mês do ano passado, representando cerca de 435,8 milhões de euros, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

De acordo com os dados relativos à evolução dos novos créditos aos consumidores, os montantes envolvidos aumentaram 6,5% de junho para julho deste ano, passando de 409,4 milhões de euros para os 435,8 milhões.

Por tipo de contrato de crédito, o crédito automóvel voltou a representar em julho o maior aumento de novos empréstimos concedidos perante o ano passado: o crédito automóvel com reserva de propriedade e outros (novos) subiu 50,6%, representando 39,7 milhões de euros.

No crédito pessoal, nos contratos sem finalidade específica, lar, consolidado e outras finalidades, foi registada uma subida de 16,2% em julho face ao mês homólogo de 2014, para 179,7 milhões de euros, segundo o BdP.

Os contratos de crédito pessoal com finalidade de educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos aumentaram 13,5% em termos homólogos para um total de 1,8 milhões de euros.

Quanto aos novos contratos referentes a cartões de crédito, linhas de crédito, contas correntes bancárias e facilidades de descoberto, houve um aumento de 23,8% em julho deste ano face ao mês homólogo, para 86,8 milhões de euros.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".