sicnot

Perfil

Economia

Crédito ao consumo aumenta 26,1% em julho

O crédito ao consumo cresceu 26,1% em julho de 2015 face ao mesmo mês do ano passado, representando cerca de 435,8 milhões de euros, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

De acordo com os dados relativos à evolução dos novos créditos aos consumidores, os montantes envolvidos aumentaram 6,5% de junho para julho deste ano, passando de 409,4 milhões de euros para os 435,8 milhões.

Por tipo de contrato de crédito, o crédito automóvel voltou a representar em julho o maior aumento de novos empréstimos concedidos perante o ano passado: o crédito automóvel com reserva de propriedade e outros (novos) subiu 50,6%, representando 39,7 milhões de euros.

No crédito pessoal, nos contratos sem finalidade específica, lar, consolidado e outras finalidades, foi registada uma subida de 16,2% em julho face ao mês homólogo de 2014, para 179,7 milhões de euros, segundo o BdP.

Os contratos de crédito pessoal com finalidade de educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos aumentaram 13,5% em termos homólogos para um total de 1,8 milhões de euros.

Quanto aos novos contratos referentes a cartões de crédito, linhas de crédito, contas correntes bancárias e facilidades de descoberto, houve um aumento de 23,8% em julho deste ano face ao mês homólogo, para 86,8 milhões de euros.

Lusa

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.