sicnot

Perfil

Economia

Termina prazo para Altice vender Cabovisão e Oni

O prazo dado por Bruxelas ao grupo francês Altice para a venda da Cabovisão e da Oni termina hoje, após alguns pedidos de extensão apresentados pelo dono da PT Portugal, segundo um relatório da Altice.

MÁRIO CRUZ/LUSA

Na sexta-feira, o jornal Público noticiou que a empresa liderada por Patrick Drahi tinha até hoje, "terça-feira, 15 de setembro, para vender as duas operadoras ou transferi-las para uma entidade que lhes encontre comprador".

A informação consta de um relatório divulgado pela dona do MEO na semana passada que refere que "os ativos deveriam ser vendidos até ao final de agosto", mas explica que "o grupo recebeu uma extensão de duas semanas, até 15 de setembro para concluir a venda", imposta pela Comissão Europeia como remédio para a compra da PT Portugal.

O documento frisa ainda que "se os ativos não forem vendidos até essa data, terão de ser transferidos a uma entidade independente que assumirá o controlo dos dois ativos de forma a continuar o processo de venda".

Além da Vodafone, que desde o início foi dada como potencial candidata à compra da Cabovisão, a chinesa StarTimes, a britânica Interoute e o fundo de 'private equity' também britânico Apax Partners, também foram apontados como potenciais candidatos, mas entretanto alguns deles já desistiram.

De acordo com notícias divulgadas anteriormente, a Altice estima que os dois ativos valem em conjunto cerca de 115 milhões de euros.

Em agosto, o Diário Económico noticiava que nas contas semestrais, "o grupo francês fixou o valor contabilístico da Cabovisão em 17,9 milhões de euros" e adianta que esta estimativa ficava "contudo, muito abaixo do valor que a Altice espera encaixar com a venda", já que, "segundo a Bloomberg, o grupo de Patrick Drahi tem como objetivo encaixar cerca de 300 milhões de euros só com a Cabovisão, mas a operadora vale muito menos".

"Além do valor contabilístico inferior a 18 milhões de euros há ainda que contar com responsabilidades que chegam aos 51,3 milhões. Feitas as contas, o passivo da Cabovisão é de 33,4 milhões de euros, valor que terá de ser tido em conta pelos potenciais compradores", refere a notícia.

Já a Oni tem o valor contabilístico fixado em 97,1 milhões de euros, mas responsabilidades de 48 milhões de euros, pelo que segundo o Económico, "feitas as contas, o valor da Oni é de 49,1 milhões de euros".

A Altice comprou a Cabovisão por 45 milhões de euros em 2011 e a Oni por cerca de 80 milhões de euros em 2012.

Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Já há destinos esgotados para o Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • As crianças que estão a morrer à fome em África

    Mundo

    A UNICEF alertou esta terça-feira que a má nutrição aguda que afeta a Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iémen coloca este ano em "iminente" risco de morte 1,4 milhões de crianças devido à fome que existe naqueles países. São milhares de casos de um incessante desespero numa luta diária pela sobrevivência.

  • Cães desfilam no Rio de Janeiro
    1:00

    Mundo

    O tradicional cortejo de Carnaval brasileiro só acontece daqui a uns dias, mas no Rio de Janeiro já há inúmeros desfiles pelas ruas. Na praia de Copacabana, os animais mascararam-se de humanos.