sicnot

Perfil

Economia

HP prevê dispensar até 30.000 trabalhadores para reduzir gastos

O grupo tecnológico HP anunciou hoje a intenção de dispensar até 30.000 empregados com o objetivo de reduzir gastos de cerca de 2.700 milhões de dólares (cerca de 2.389 milhões de euros).

PAUL SAKUMA

O anúncio da tecnológica com sede em San José, Califórnia (Estados Unidos), foi feito em comunicado, depois de uma reunião dos diretores da HP com analistas de mercado, onde foram avançados detalhes da estratégia do grupo e atualizadas as perspetivas financeiras.

O grupo tecnológico tem vindo a fazer uma reestruturação desde o ano passado, altura em que anunciou a intenção de dispensar cerca de 50.000 trabalhadores, aos quais se soma a diminuição entre 25.000 e 30.000 empregos anunciados hoje.

Há quase um ano, a 06 de outubro, a HP informou que se iria dividir em duas empresas: a HP Inc, que assume as funções relativas aos computadores pessoais e impressoras, e a Hewlett Packard Enterprise, que fica com os serviços informáticos para empresas.

O mercado espera que esta divisão esteja concluída em novembro deste ano.

A Hewlett Packard Enterprise será cotada em bolsa, com o símbolo HPE.

"A Hewlett Packard Enterprise será mais pequena e mais focada no que a HP é hoje em dia", afirmou a presidente e conselheira-delegada do grupo HP, Meg Whitman.

Está previsto que Whitman fique à frente da divisão de serviços para as empresas, enquanto Dion Weisler ficará a liderar o negócio de computadores pessoais, portáteis e impressoras.

A HP adianta que a divisão de serviços empresariais irá gerar receitas anuais de 50.000 milhões de dólares (44.241 milhões de euros, à taxa de câmbio atual).

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38

    País

    A SIC tem estado a acompanhar a viagem de um navio-patrulha da Marinha Portuguesa, que está em missão de fiscalização junto à Terra Nova, no Canadá. Nos últimos dias, o navio cruzou-se com embarcações de Vila do Conde, um encontro inesperado e feliz para quem anda há mais de um mês em alto mar. 

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22