sicnot

Perfil

Economia

HP prevê dispensar até 30.000 trabalhadores para reduzir gastos

O grupo tecnológico HP anunciou hoje a intenção de dispensar até 30.000 empregados com o objetivo de reduzir gastos de cerca de 2.700 milhões de dólares (cerca de 2.389 milhões de euros).

PAUL SAKUMA

O anúncio da tecnológica com sede em San José, Califórnia (Estados Unidos), foi feito em comunicado, depois de uma reunião dos diretores da HP com analistas de mercado, onde foram avançados detalhes da estratégia do grupo e atualizadas as perspetivas financeiras.

O grupo tecnológico tem vindo a fazer uma reestruturação desde o ano passado, altura em que anunciou a intenção de dispensar cerca de 50.000 trabalhadores, aos quais se soma a diminuição entre 25.000 e 30.000 empregos anunciados hoje.

Há quase um ano, a 06 de outubro, a HP informou que se iria dividir em duas empresas: a HP Inc, que assume as funções relativas aos computadores pessoais e impressoras, e a Hewlett Packard Enterprise, que fica com os serviços informáticos para empresas.

O mercado espera que esta divisão esteja concluída em novembro deste ano.

A Hewlett Packard Enterprise será cotada em bolsa, com o símbolo HPE.

"A Hewlett Packard Enterprise será mais pequena e mais focada no que a HP é hoje em dia", afirmou a presidente e conselheira-delegada do grupo HP, Meg Whitman.

Está previsto que Whitman fique à frente da divisão de serviços para as empresas, enquanto Dion Weisler ficará a liderar o negócio de computadores pessoais, portáteis e impressoras.

A HP adianta que a divisão de serviços empresariais irá gerar receitas anuais de 50.000 milhões de dólares (44.241 milhões de euros, à taxa de câmbio atual).

Lusa

  • Aluno abre fogo em escola brasileira, pelo menos dois mortos

    Mundo

    Um aluno de 14 anos disparou vários tiros esta sexta-feira numa escola particular, em Goiânia, no Brasil. De acordo com o Globo, dois estudantes morreram e outros quatro ficaram feridos com gravidade. O aluno do 8.º ano foi detido pelas autoridades.

  • Um morto e sete feridos em ataque com faca na Polónia

    Mundo

    Um homem atacou esta sexta-feira várias pessoas com uma faca, num centro comercial em Stalowa Wola, na Polónia. Segundo as autoridades, uma pessoa morreram e sete ficaram feridas. O atacante foi preso pela polícia, depois de ser detido por alguns cidadãos que estavam no centro comercial.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão