sicnot

Perfil

Economia

Privatização da CP Carga e subconcessão da Carris e Metro assinadas na próxima semana

O secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, afirmou que a privatização da CP Carga e a subconcessão da Carris e do Metro vão ser assinadas na próxima semana.

(Arquivo)

(Arquivo)

Sérgio Monteiro referiu que os dois processos vão ficar assinados antes do final da legislatura, seguindo depois os "trâmites administrativos" normais para os casos.

"A privatização da CP Carga terá o acordo de compra e venda assinado na segunda-feira e subconcessão do Metro e Carris será assinada na quarta-feira. Ficam os processos assinados e depois seguem-se os trâmites administrativos, com a subconcessão a ser enviada para o Tribunal de Contas e privatização para a Autoridade da Concorrência", afirmou, à margem da assinatura do Consórcio 'ViaLisboa', que decorreu no Barreiro.

A MSC Rail - Operadores Ferroviários, que o Governo anunciou ter vencido a corrida à privatização da CP Carga, é uma participada da MSC Portugal, pertencente ao gigante mundial MSC - Mediterranean Shipping Company, um dos maiores armadores mundiais.

A MSC Rail (Portugal - Operadores Ferroviários, SA) foi criada em dezembro de 2012 pela MSC Portugal para fazer o transporte ferroviário de contentores entre o porto de Sines e os terminais do Entroncamento (da MSC) e da Bobadela, até então feitos pela CP, o que permitiu à empresa consolidar a sua posição de líder na tabela nacional por volume de contentores.

Atualmente, um dos principais clientes da CP Carga, a MSC - Operadores Ferroviários foi um dos três candidatos à privatização da CP Carga - juntamente com a Atena Equity Partners SCR, S.A. e a Cofihold Sociedade Gestora de Participações Sociais, S.A. - que passaram à fase de negociações com o Governo e foi anunciada como a vencedora no processo.

Em junho passado, o Governo anunciou que o grupo espanhol Avanza venceu o concurso para subconcessão da Carris e do Metro de Lisboa, garantindo que a operação vai implicar uma poupança anual para o Estado superior a 25 milhões de euros e mais de 215 milhões de euros durante o período de concessão, que é de oito anos.

Lusa

  • Eurogrupo dá luz verde ao Orçamento do Estado
    0:29

    Orçamento do Estado 2017

    O Orçamento português passou no Eurogrupo mas os ministros das Finanças alertam que podem ser precisas mais medidas para cumprir as metas e em março vão voltar a olhar para as contas. Para já, estão satisfeitos com o compromisso assumido por Mário Centeno e mais sete ministros da zona euro, cujos Orçamentos estão em risco de incumprimento.

  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados".Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade. A SIC esteve em Luanda e falou com o advogado Adolfo Campos e com os músicos Carbono Casimiro, Mona Dya Kidi e David Salei. Já todos estiveram presos. Já todos foram vítimas de violência policial. Defendem que "a geração anterior comprometeu o país" e acreditam que só a mudança política pode trazer um futuro melhor. Para estes jovens activistas, a guerra que arrasou o país, e com que o regime justifica tudo, não deixou heróis, apenas "vilões e vítimas".

  • Homem e cão resgatados das águas na Andaluzia
    0:32