sicnot

Perfil

Economia

Défice no final do 1º semestre de 2015 atingiu 4,7%

O défice orçamental atingiu 4,7% do PIB no final do primeiro semestre de 2015, segundo dados divulgados hoje pelo INE, um valor superior à meta de 2,7% estabelecida pelo Governo para a totalidade do ano.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

De acordo com as Contas Nacionais Trimestrais Por Setor Institucional, hoje divulgadas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), "no conjunto do primeiro semestre de 2015, o saldo global das administrações públicas fixou-se em 4.092,9 milhões de euros, correspondendo a 4,7% do PIB", o que compara com um défice de 6,2% registado em igual período do ano passado.

Entre janeiro e junho deste ano, as administrações públicas registaram, em contas nacionais (a ótica que conta para Bruxelas), um défice de 4.092,9 milhões de euros, valor que compara com um défice de 5.286,7 milhões de euros verificado no período homólogo.

Para o conjunto de 2015, no Procedimento dos Défices Excessivos, também hoje divulgado pelo INE, mantém-se uma previsão de défice de 2,7% do PIB, sendo que este valor é da responsabilidade do Ministério das Finanças.

Correção: por lapso, a primeira versão desta notícia indicava que o défice tinha sido de 3,7% do PIB, o valor certo é 4,7% .

Com Lusa

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.