sicnot

Perfil

Economia

Taxas de juro nos EUA devem começar a subir "mais para o final do ano"

A presidente da Reserva Federal dos EUA (Fed), Janet Yellen, disse hoje que o banco central norte-americano deverá, "provavelmente", começar a subir as suas taxas de juro de referência "mais para o final do ano".

Jessica Hill

A dirigente da Fed adiantou que os desenvolvimentos económicos no estrangeiro não deveriam interferir com a decisão.

Durante um discurso na Universidade do Massachusetts, Yellen indicou que a Fed está a acompanhar "os desenvolvimentos no estrangeiro", mas não prevê, "de momento, que o seu impacto na economia dos EUA seja suficientemente importante para ter um efeito significativo na trajetória" da política monetária.

"A maior parte dos membros do Comité [de Política Monetária (FOMC, na sigla em Inglês)], entre os quais eu própria, prevê que as condições (...) vão provavelmente permitir uma primeira subida das taxas sobre os fundos federais mais para o final do ano, seguida depois por um ritmo gradual de aumento", especificou.

No seu discurso, com mais de 20 páginas, Yellen insistiu no facto de, depois de uma primeira subida das taxas, que se mantêm próximas de zero desde 2008, o ritmo de subida deverá ser gradual.

"A data precisa da primeira subida (...) deve ter consequências menores sobre as condições financeiras e a economia em geral", estimou.

Yellen afirmou também que as perspetivas da economia dos EUA parecem "geralmente sólidas" e que os membros da Fed confiam em que a taxa de inflação anual, que se encontra próxima de zero, atinja o objetivo de 2% da Fed "dentro de dois a três anos".

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC