sicnot

Perfil

Economia

Sonae vende participação no projeto de retalho em Angola a Isabel dos Santos

A Sonae vendeu a posição que tinha no projeto de retalho alimentar em Angola à empresária angolana Isabel dos Santos, confirmou hoje fonte oficial da empresa.

"Na sequência das informações anteriormente prestadas, a participação da Sonae e as consequentes responsabilidades assumidas por esta, no âmbito do projeto de investimento no retalho alimentar em Angola, foram adquiridas pelo grupo da engenheira Isabel dos Santos", afirmou fonte oficial.

Quanto às razões da venda da participação e montante envolvido na operação, a Sonae não avançou qualquer informação.

O Jornal de Negócios noticiou hoje que Isabel dos Santos rompeu a parceria que tinha com a Sonae, a qual tinha sido formalizada a 15 de abril de 2011.

A empresária dá hoje uma conferência de imprensa em Angola sobre o assunto.

Ex-quadro da Sonae lidera novo hipermercado angolano "Candando"

O ex-quadro da Sonae Miguel Osório é o administrador do novo projeto de retalho em Angola, da empresária Isabel dos Santos e que vai operar a rede de hipermercados "Candando", representando o fim da parceria com aquele grupo português.

O grupo Contidis, que vai operar sob a marca "Candando" (abraço), foi apresentado hoje em Luanda, em conferência de imprensa, precisamente por Miguel Osório, que confirmou tratar-se uma empresa detida a 100 por cento pela empresária angolana, prevendo um investimento de 400 milhões de dólares (356 milhões de euros) nos próximos cinco anos.

Anteriormente tinha sido anunciada uma parceria entre Isabel dos Santos e o grupo Sonae para a introdução de uma rede de hipermercados em Angola.

A abertura da primeira loja "Candando", de um total previsto de dez ao longo de cinco anos, deverá acontecer no primeiro semestre de 2016, em Luanda, anunciou Miguel Osório.

Com 10.000 metros quadrados, esta primeira loja ficará instalada no Shopping Avennida, em Luanda.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47