sicnot

Perfil

Economia

França tem quase um milhão de carros VW afetados pelas emissões fraudulentas

O grupo Volkswagen anunciou hoje que em França há 948.064 veículos equipados com os motores afetados pela manipulação de dados de emissões levada a cabo pela empresa em todo o mundo.

© XXSTRINGERXX xxxxx / Reuters

Uma porta-voz do grupo Volkswagen disse à agência EFE que os carros afetados incluem as marcas Volkswagen (574.259 unidades), Seat (93.388), Audi (189.322), Skoda (66.572) e Volkswagen Veículos Comerciais (24.523).

Os clientes dos veículos serão contactados "rapidamente nos próximos dias", acrescentou a porta-voz, no qual a empresa vai colocar à disposição um número de telefone específico para gerir o caso junto dos clientes em França.

A ministra francesa do Ambiente, Ségolène Royal, que na semana passada disse que iria fazer testes aleatórios para verificar se os carros a circular em França não têm dispositivos de manipulação, sublinhou hoje que esses controles vão ser efetuados em empresas de aluguer de automóveis e em particulares que se voluntariem.

Esta decisão surge após a Volkswagen ter admitido que 11 milhões de veículos em todo o mundo tinham sido equipados com o motor de tipo EA189, na qual as autoridades dos Estados Unidos detetaram um 'software' que manipulava os testes de níveis de emissões de gases poluentes.

O escândalo manchou o nome da Volkswagen, deixando-a exposta a milhares de milhões de dólares em multas nos Estados Unidos, com investigações desde a Noruega até à Índia, o que levou a empresa a uma desvalorização de um terço do seu valor em bolsa numa semana.

Na última sexta-feira, após uma maratona de reuniões de crise, o Conselho de Supervisão da líder de mercado mundial de automóveis designou o presidente da Porsche, Matthias Mueller, para substituir Martin Winterkorn como presidente executivo do grupo alemão

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Défice recua em 2016 na zona euro e na UE

    Economia

    O défice e a dívida baixaram na zona euro e na União Europeia (UE) em 2016 face a 2015, tendo Portugal registado a terceira maior dívida (130,4%) entre os Estados-membros e um défice de 2%, segundo o Eurostat.

  • Incêndio na Amadora deixa 12 pessoas desalojadas
    1:59

    País

    Um incêndio destruiu este domingo a cobertura de um prédio de habitação na Buraca, no concelho da Amadora. Doze pessoas ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido. Os bombeiros dominaram o fogo em cerca de uma hora, os moradores queixam-se da falta de eficácia no combate às chamas.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa