sicnot

Perfil

Economia

Grupo Volkswagen recolhe 1,1 milhões de carros no Reino Unido

A subsidiária britânica do grupo Volkswagen (VW) anunciou hoje que vai chamar às suas oficinas 1,1 milhões de carros para corrigir o sistema de manipulação dos testes de emissões de gases poluentes, após a empresa ter admitido fraude.

Reuters

"O grupo Volkswagen UK está a anunciar um plano de ação para corrigir as emissões de gases de determinados veículos a gasóleo", refere em comunicado, acrescentando que estão em causa mais de meio milhão de carros da marca Volkswagen, quase 400.000 veículos da marca Audi e quase 80.000 carros comerciais da VW.

A empresa admitiu, na semana passada, que 11 milhões de carros a diesel em todo o mundo estão equipados com dispositivos que ativam controlos de poluição durante os testes, mas automaticamente os desligam quando o carro está em condução.

O escândalo manchou o nome da Volkswagen, deixando-a exposta a milhares de milhões de dólares em multas nos Estados Unidos, com investigações desde a Noruega até à Índia, o que levou a empresa a uma desvalorização de um terço do seu valor em bolsa numa semana.

Na última sexta-feira, após uma maratona de reuniões de crise, o Conselho de Supervisão da líder de mercado mundial de automóveis designou o presidente da Porsche, Matthias Mueller, para substituir Martin Winterkorn como presidente executivo do grupo alemão.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24