sicnot

Perfil

Economia

Taxistas madrilenos querem agir coletivamente contra a Volkswagen

A Associação de AutoTáxis de Madrid vai lançar uma plataforma com o objetivo de reunir todos os motoristas que compraram veículos do grupo Volkswagen com motor manipulado para falsear os dados das emissões de gases e agir judicialmente.

© Marcelo del Pozo / Reuters

A associação explicou hoje, em comunicado citado pela agência noticiosa Efe, que vai ajudar todos os taxistas proprietários de carros Volkswagen, Skoda, Audi e Seat cujos veículos estão equipados com 'kits' fraudulentos em motores a diesel que manipulavam os valores das emissões poluentes e que queiram agir judicialmente.

"A associação vai promover os protestos legais de caráter coletivo e que têm por objetivo reclamar danos e prejuízos pela aquisição enganosa de veículos para uso profissional", explicou.

O objetivo, segundo a associação, é fazer as reclamações de forma coletiva, "para unir as forças da maior quantidade de afetados e obter os melhores resultados, minimizando assim os custos".

A Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou a 18 de setembro a Volkswagen de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes através de um 'software' incorporado no veículo, incorrendo numa multa que pode ir até aos 18 mil milhões de dólares (cerca de 15,9 mil milhões de euros).

Dois dias depois, a Volkswagen reconheceu ter falseado os dados.

Na semana seguinte, o presidente executivo da Volkswagen, Martin Winterkorn, pediu a demissão e, na sexta-feira passada a empresa anunciou a nomeação de Matthias Mueller, atual presidente da Porsche, como novo presidente executivo do grupo.

Entretanto, a Audi, a Skoda e Seat já admitiram ter veículos em todo o mundo equipados com o 'software'.

Entretanto, as autoridades suíças e espanholas anunciaram que proibiram temporariamente a venda de novos carros do grupo Volkswagen a gasóleo.

O ministro de Indústria, Energia e Turismo espanhol, José Manuel Soria, disse que o governo vai exigir à Seat, marca do grupo Volkswagen, que devolva as ajudas estatais recebidas relativamente aos carros produzidos em Espanha envolvidos no escândalo das emissões.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.