sicnot

Perfil

Economia

Bolsas europeias em alta sustentadas por dados dos EUA e eleições em Portugal

As principais bolsas europeias estavam hoje em alta sustentadas, segundo analistas citados pela agência Efe, pelos dados do emprego nos Estados Unidos divulgados na sexta-feira e pelos resultados das eleições de domingo em Portugal.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Cerca das 09:30 em Lisboa, o EuroStoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, estava a subir 2,49% para 3.164,93 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt estavam em alta, a subirem 1,88%, 2,51% e 1,91%, respetivamente, bem como as de Madrid e de Milão, que estavam a avançar 2,60% e 1,98%.

Depois de ter aberto em alta, a Bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:30, o principal índice, o PSI20, estava a valorizar-se 1,90% para 5.317,31 pontos.

Em Nova Iorque, Wall Street terminou em alta na sexta-feira, com o Dow Jones a subir 1,23% para 16.472,37 pontos, depois de ter subido a 19 de maio passado até aos 18.312,39 pontos, o atual máximo de sempre desde que foi criado.

Ao nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1231 dólares, contra 1,1231 dólares no fecho de sexta-feira.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou na sexta-feira o câmbio de referência da divisa europeia em 1,1160 dólares.

Os investidores optaram hoje por se fixarem nas "boas notícias", tendo assim festejado o resultado das eleições portuguesas, nas quais o partido no Governo venceu, mas sem maioria absoluta, referem analistas citados pela agência Efe.

Em relação aos indicadores da economia norte-americana, os investidores confiam que depois dos dececionantes dados do emprego a Reserva Federal adiará a subida das taxas de juro para o próximo ano.

Esta semana, os investidores esperam a publicação de um único indicador, designadamente as vendas a retalho da zona euro.

Entretanto, o escândalo sobre as emissões dos veículos a diesel do grupo Volkswagen mantém-se no centro da atenção dos investidores.

O barril de petróleo Brent, para entrega em novembro, abriu hoje em alta, a cotar-se a 48,37 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 0,30% do que no encerramento da sessão anterior.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.