sicnot

Perfil

Economia

UGT propõe aumento do salário mínimo para 535 euros a partir de janeiro

A UGT propõe a fixação do salário mínimo nacional nos 535 euros a partir de 1 de janeiro de 2016 e um aumento salarial médio entre 2,5% e 3,5% para todos os trabalhadores dos setores público e privado.

Lusa/Arquivo

Lusa/Arquivo

Lusa

Esta decisão resulta da reunião do secretariado nacional da UGT, que se reuniu hoje em Lisboa, na qual foi aprovado o caderno reivindicativo da estrutura liderada por Carlos Silva.

Além destas medidas, a central sindical propõe também "o fim de cortes nos salários, subsídios e outras componentes remuneratórias na administração pública e setor público empresarial, com reposição dos valores de 2010".

O secretariado nacional propõe ainda um aumento das pensões mínimas de 5,0% (pensão social, da pensão agrícola e da pensão mínima do regime geral).

A UGT defende, assim, um aumento de 3,5% para as pensões inferiores a um Indexante de Apoio Social (IAS, atualmente nos 419,22 euros), um aumento entre 2,5% e 3,%5 para as pensões de valor superior a um IAS, o fim da contribuição extraordinária de solidariedade (CES) sobre as pensões e uma atualização das prestações e complementos sociais em linha com o aumento proposto para as pensões mínimas, de acordo com o documento aprovado e distribuído aos jornalistas.

A central sindical reivindica ainda uma atualização do IAS para os 440 euros a partir de 01 de janeiro de 2016, ou seja, um aumento de 5,0%.

Lusa

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".