sicnot

Perfil

Economia

Custo final da Autoestrada do Marão entre 260 a 270 M€, portagem será de 2€

A Autoestrada do Marão, que inclui um túnel rodoviário de 5,6 quilómetros, vai custar entre 260 a 270 milhões de euros e a portagem a cobrar rondará os dois euros, disse hoje o presidente da Infraestruturas de Portugal.

(SIC/Arquivo)

(SIC/Arquivo)

António Ramalho, que falava após a conclusão da escavação de uma das galerias do Túnel do Marão, referiu que esta autoestrada vai ter um investimento final que ronda entre os 260 a 270 milhões, valores abaixo do inicialmente previsto.

A Autoestrada do Marão, que incluiu o maior túnel rodoviário da Península Ibérica, foi a primeira obra público privada resgatada pelo Estado, devido a incumprimentos por parte da concessionária, e está agora a poucos meses da conclusão.

"Os prazos estão programados, há pequenos desvios que não chegam a 01%. Portanto, a expectativa é que terminemos a parte da obra respeitante ao troço nascente e poente no dia 17 de dezembro e terminemos a obra de construção civil do túnel no final do ano", salientou António Ramalho.

Depois, serão precisos dois meses de testes dos sistemas eletrónicos de controlo de incidentes e de gestão da climatização.

A autoestrada deverá abrir ao tráfego até final do primeiro trimestre de 2016, seis anos depois do início da construção.

Pelo meio a construção parou por três vezes. Após ter resgatado a concessão da Autoestrada do Marão, depois da paragem das obras em junho de 2011, o Estado dividiu os trabalhos em três empreitadas, nomeadamente a do túnel e os acessos poente e nascente.

Hoje, o dia foi simbólico porque se uniram as galerias sul do túnel, permitindo conclui a escavação dos 5,6 quilómetros de autoestrada que atravessam a serra do Marão. A união da outra galeria ocorrerá no final deste mês.

Esta via vai ligar a A4 (Porto/ Amarante) à Autoestrada Transmontana (Vila Real/ Bragança).

Para atravessar os 26 quilómetros desta autoestrada ter-se-á que pagar cerca de dois euros de portagem.

É um valor, segundo António Ramalho, que fica abaixo do inicialmente previsto e que é possível porque se "conseguiu poupar na construção do túnel".

António Ramalho destacou também que a obra tem decorrido sem acidentes graves e salientou que se apostou num modelo de grande segurança.

Mas para quem trabalha dentro dos túneis, a fé também dá uma grande ajuda e, por isso, foram colocadas quatro imagens de Santa Bárbara, nas quatro bocas do túnel, onde muitos rezam antes de começarem a trabalhar.

A tradição é cumprida e, no final, quando o túnel estiver completamente pronto, as santas serão entregues a instituições religiosas porque não podem voltar a ser utilizadas numa outra obra.

Lusa

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.