sicnot

Perfil

Economia

Testes de stress do BCE ao Novo Banco conhecidos em novembro

O Banco Central Europeu (BCE) vai concluir os testes de stress ao Novo Banco em novembro, informou hoje a instituição de Mario Draghi.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

Em comunicado, o BCE indica que "um dos bancos está a ser submetido apenas a um teste de esforço, o qual foi adiado no exercício de 2014" e, de acordo com a lista divulgada, trata-se do Novo Banco.

No início de outubro do ano passado, já a Autoridade Bancária Europeia (EBA, na sigla inglesa), tinha revelado que, tendo em conta a medida de resolução aplicada ao Banco Espírito Santo (BES) e a criação da nova instituição financeira - o Novo Banco, uma entidade de transição -, o teste de 'stress' teve que ser adiado, sem na altura referir nova data.

Os outros bancos cuja avaliação completa será conhecida em novembro são o Banque Degroof (Bélgica), a Agence Française de Développement (França), o JP Morgam Bank Luxembourg (Luxemburgo), o Mediterranean Bank (Malta), o Sberbank Europe e o VTB Bank (Áustria), o Unicredit Banka Slovenija (Eslovénia) e o Kuntarahoitus (Finlândia).

Destes nove bancos, cinco "passaram a ser significativos já em 2014" e os restantes quatro "podem tornar-se significativos até janeiro de 2016, estando, por conseguinte, sujeitos a uma avaliação completa".

Os bancos passam a ser supervisionados diretamente pelo BCE mediante uma série de critérios, nomeadamente se o valor total dos ativos exceder 30 mil milhões de euros ou 20% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado-Membro em causa, ou ainda se o banco passar a ser uma das três instituições de crédito de maior importância sistémica num Estado-membro participante, de acordo com o Regulamento do Mecanismo Único de Supervisão.

Esta avaliação consiste "numa análise da qualidade dos ativos e num teste de esforço" e está a ser realizada pelo BCE em consonância com a metodologia aplicada no exercício do ano passado.

Na nota, o BCE refere que a avaliação completa realizada em 2014 foi um exame da saúde financeira de 130 bancos, levado a cabo antes de o BCE assumir diretamente as funções de supervisão bancária, tendo identificado "um défice de fundos próprios de 25 mil milhões de euros em 25 bancos e défices residuais em 13 bancos".

Dos 130 bancos que foram submetidos às avaliações conjuntas do BCE e da Autoridade Bancária Europeia, 25 chumbaram, tendo Itália sido o país mais afetado pelos chumbos, com nove bancos a falharem no exame.

Em Portugal, o Banco Comercial Português (BCP) foi o único dos três bancos portugueses que chumbou no cenário mais adverso dos testes de 'stress', enquanto a Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Banco BPI passaram no exame.

Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC