sicnot

Perfil

Economia

Dell compra EMC e cria líder mundial do setor da tecnologia

A informática norte-americana Dell vai comprar a empresa de armazenamento de dados EMC por cerca de 67 mil milhões de dólares, criando a líder mundial do setor da tecnologia, indicaram hoje as duas empresas num comunicado conjunto.

© Bazuki Muhammad / Reuters

A compra "vai criar a maior empresa integrada de tecnologia do mundo largamente controlada por privados", sublinha o comunicado.

A empresa "vai ser uma líder nas áreas extremamente atrativas com altas taxas de crescimento do mercado das tecnologias da informação", avaliado em 2.000 mil milhões de dólares, "com estratégias de produtos complementares, equipas de vendas e investigação", adianta o comunicado.

Os acionistas da EMC, a maior fornecedora do mundo de sistemas de armazenamento de dados vão receber cerca de 33,15 dólares por ação, precisa o comunicado.

A nova empresa "vai ficar excecionlamente bem posicionada para crescer nas áreas mais estratégicas da próxima geração de tecnologias de informação.

Segundo o acordo, a Dell e os proprietários desta - o fundador da Dell, Michael Dell bem como as sociedades de investimento MSD Partners e Silver Lake-- vão adquirir a EMC enquanto a VMware vai continuar a estar cotada em bolsa.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC