sicnot

Perfil

Economia

Nobel da Economia atribuído a Angus Deaton

A Real Academia Sueca das Ciências distinguiu hoje com o Prémio Nobel da Economia Angus Deaton. O trabalho do professor da Universidade de Princeton foi premiado "pela sua análise na área do consumo, pobreza e bem-estar".

DR

Angus Deaton numa ilustração divulgada pela Real Academia Sueca das Ciências

Angus Deaton numa ilustração divulgada pela Real Academia Sueca das Ciências

nobelprize.org

Revelando enorme satisfação e um grande sentido de humor, Angus Deaton respondeu às perguntas dos jornalistas depois de ter sido contactado pelos responsáveis da Real Academia Sueca. Entre as várias declarações, Deaton não diabolizou o consumo, dizendo em resposta a uma das questões que não lhe cabe o papel de dizer às pessoas se devem ou não consumir mais ou menos.

Angus Deaton nasceu em Edimburgo, Escócia, a 19 de outubro de 1945, mas tem cidadania norte-americana e britânica e é investigador e professor na célebre Universidade de Princeton, nos Estados Unidos.

"Para elaborar políticas económicas que promovam o bem-estar e reduzam a pobreza, devemos primeiro perceber as escolhas de consumo individuais. Angus Deaton melhorou esse entendimento melhor do que ninguém", afirmou a Real Academia de Ciências.

"Relacionando as escolhas individuais específicas e os resultados coletivos, a sua investigação contribuiu para transformar os domínios da microeconomia, da macroeconomia e da economia do desenvolvimento", acrescentou.

A obra de Deaton gira em torno de três questões essenciais: como os consumidores repartem as suas despesas, quanto se poupa e quanto se gasta no conjunto da sociedade e por fim como avaliar o bem-estar individual.

Em 2014, o Nobel da Economia distinguiu o francês Jean Tirole, mas os norte-americanos dominam a lista de premiados dos últimos anos. Só uma mulher recebeu até agora este prémio, Elinor Ostrom, norte-americana, distinguida em 2009.

O Nobel da Economia encerra a atribuição dos prémios deste ano, que distinguiram entre outros a bielorrussa Svetlana Alexievitch na Literatura e um grupo de defensores do diálogo democrático na Tunísia com o Nobel da Paz.

  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.