sicnot

Perfil

Economia

Petrolífera russa Gazprom retoma fornecimento de gás à Ucrânia

A petrolífera russa Gazprom anunciou hoje que retomou o fornecimento de gás à Ucrânia, que estava suspenso desde julho passado.

Reuters

Em comunicado, a Gazprom anunciou que o fornecimento foi reiniciado hoje de manhã depois de a Rússia ter recebido um pré-pagamento da Ucrânia de 234 milhões de dólares, cerca de 205 milhões de euros.

O retomar do fornecimento de gás acontece duas semanas depois de um acordo feito entre a Rússia e a Ucrânia, mediado pela União Europeia.

O conflito em torno do fornecimento de gás russo à Ucrânia reacendeu-se depois da crise política que levou ao afastamento do Presidente ucraniano pró-russo Viktor Ianukovich, em fevereiro de 2014, e ao levantamento de um movimento separatista pró-russo no leste do país.

No final de julho, a Ucrânia anunciou a suspensão de todas as aquisições de gás à Rússia por considerar o preço inconsistente com o que a petrolífera Gazprom cobra a outros países europeus.

A Ucrânia transporta cerca de 15% do gás consumido por vários países da UE.

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Dijsselbloem não comenta hipótese de ser substituído por Mário Centeno
    2:41

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas não comenta a sondagem que foi feita ao ministro das Finanças português. Ouvido esta quinta-feira no Parlamento Europeu, o Presidente do Eurogrupo esteve no centro das críticas e reafirmou que não se demite.