sicnot

Perfil

Economia

Crédito malparado das famílias e empresas juntos bate novo recorde

O crédito malparado das famílias e das empresas subiu em agosto, ultrapassando a barreira dos 19.000 milhões de euros, um novo recorde, e representando mais de 9% do total dos empréstimos concedidos, segundo o Banco de Portugal (BdP).

© Sukree Sukplang / Reuters

De acordo com números divulgados hoje pelo banco central, em agosto o total de empréstimos concedidos pela banca tanto às famílias como às empresas ascendia a 205.485 milhões de euros, dos quais 19.098 milhões de euros são considerados crédito de cobrança duvidosa, o equivalente a 9,29% do total dos empréstimos.

Em julho, o crédito malparado das famílias e das empresas representava 18.829 milhões de euros, o que corresponde a 9,15% do total de 205.722 milhões de euros em empréstimos concedidos pela banca a particulares.

Considerando apenas os créditos atribuídos às famílias, estes totalizaram 121.145 milhões de euros em agosto, dos quais 5.362 milhões de euros (4,42%) correspondem a crédito malparado.

O BdP registou em agosto uma ligeira diminuição do crédito de cobrança duvidosa nas famílias, uma vez que o montante total em julho totalizava 5.386 milhões de euros, o que representava 4,434% do total concedido.

Dos empréstimos a particulares, 99.517 milhões de euros correspondiam a créditos à habitação, dos quais 2,56%, ou seja, 2.554 milhões eram de cobrança duvidosa, representando um ligeiro aumento face a julho. Nesse mês, os créditos malparados à habitação representavam 2.543 milhões de euros e 2,54% do total concedido pela banca a particulares.

O montante emprestado pela banca para consumo das famílias atingiu 11.946 milhões de euros no final de agosto, dos quais 10,63%, ou seja, 1.271 milhões de euros correspondiam a crédito malparado, o que revela uma ligeira diminuição face ao mês anterior. Em julho, o malparado no crédito ao consumo representava 10,85% do total concedido, ou seja, 1.292 milhões de euros.

Já no caso das empresas, no final de agosto, os empréstimos concedidos atingiram os 84.340 milhões de euros, um montante inferior ao registado em julho, quando estes créditos somaram os 84.577 milhões de euros.

O crédito de cobrança duvidosa das empresas passou dos 13.467 milhões de euros em julho para os 13.736 milhões em agosto, o que demonstra um aumento de 2%.

A percentagem de crédito malparado nas empresas passou de 15,9% em julho para 16,3% em junho.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.