sicnot

Perfil

Economia

Crédito malparado das famílias e empresas juntos bate novo recorde

O crédito malparado das famílias e das empresas subiu em agosto, ultrapassando a barreira dos 19.000 milhões de euros, um novo recorde, e representando mais de 9% do total dos empréstimos concedidos, segundo o Banco de Portugal (BdP).

© Sukree Sukplang / Reuters

De acordo com números divulgados hoje pelo banco central, em agosto o total de empréstimos concedidos pela banca tanto às famílias como às empresas ascendia a 205.485 milhões de euros, dos quais 19.098 milhões de euros são considerados crédito de cobrança duvidosa, o equivalente a 9,29% do total dos empréstimos.

Em julho, o crédito malparado das famílias e das empresas representava 18.829 milhões de euros, o que corresponde a 9,15% do total de 205.722 milhões de euros em empréstimos concedidos pela banca a particulares.

Considerando apenas os créditos atribuídos às famílias, estes totalizaram 121.145 milhões de euros em agosto, dos quais 5.362 milhões de euros (4,42%) correspondem a crédito malparado.

O BdP registou em agosto uma ligeira diminuição do crédito de cobrança duvidosa nas famílias, uma vez que o montante total em julho totalizava 5.386 milhões de euros, o que representava 4,434% do total concedido.

Dos empréstimos a particulares, 99.517 milhões de euros correspondiam a créditos à habitação, dos quais 2,56%, ou seja, 2.554 milhões eram de cobrança duvidosa, representando um ligeiro aumento face a julho. Nesse mês, os créditos malparados à habitação representavam 2.543 milhões de euros e 2,54% do total concedido pela banca a particulares.

O montante emprestado pela banca para consumo das famílias atingiu 11.946 milhões de euros no final de agosto, dos quais 10,63%, ou seja, 1.271 milhões de euros correspondiam a crédito malparado, o que revela uma ligeira diminuição face ao mês anterior. Em julho, o malparado no crédito ao consumo representava 10,85% do total concedido, ou seja, 1.292 milhões de euros.

Já no caso das empresas, no final de agosto, os empréstimos concedidos atingiram os 84.340 milhões de euros, um montante inferior ao registado em julho, quando estes créditos somaram os 84.577 milhões de euros.

O crédito de cobrança duvidosa das empresas passou dos 13.467 milhões de euros em julho para os 13.736 milhões em agosto, o que demonstra um aumento de 2%.

A percentagem de crédito malparado nas empresas passou de 15,9% em julho para 16,3% em junho.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.