sicnot

Perfil

Economia

Depósitos das famílias caem 0,8% de julho para agosto atingindo 136,7 mil M€

Os depósitos das famílias atingiram os 136.759 milhões de euros em agosto, menos 0,78% do que no mês anterior, enquanto os depósitos das empresas aumentaram 1,24% para os 30.372 milhões de euros neste período.

(Arquivo)

(Arquivo)

MIGUEL A. LOPES

Os números foram hoje divulgados pelo Banco de Portugal e indicam que, no caso dos depósitos dos particulares, apesar da queda de 0,78% face a julho, os 136.759 milhões de euros que as famílias tinham em depósitos em agosto correspondem a um aumento de 2,2% em relação ao período homólogo de 2014.

Desde o início do ano, os depósitos dos particulares aumentaram 2,98%, uma vez que, em dezembro de 2014, os depósitos das famílias ascendiam a 132.805 milhões de euros.

Já no caso das empresas, os depósitos ascenderam a 30.372 milhões de euros em agosto, um aumento de 1,24% face ao mês anterior e de 3,1% se comparado com o mesmo mês do ano passado.

Em dezembro de 2014, os depósitos das empresas correspondiam a 30.334 milhões de euros, o que significa que, desde o início do ano, aumentaram 0,125%.

Considerando tanto as famílias como as empresas, em agosto deste ano, os bancos detinham 167.131 milhões de euros em depósitos, uma queda de 0,42% face ao mês anterior, mas um aumento de 2,4% em relação a agosto de 2014, altura em que os depósitos ascendiam a 163.219 milhões de euros.

Em julho deste ano, os depósitos dos particulares e das empresas como um todo atingiram o valor mais alto desde 1989, o primeiro ano para o qual o Banco de Portugal divulga este indicador, atingindo os 167.835 milhões de euros nesse mês.

Quanto às novas operações, em agosto, as famílias contratualizaram 2.418 milhões de euros em novos depósitos e as empresas contratualizaram 6.175 milhões de euros, totalizando os novos depósitos realizados os 8.593 milhões de euros.

Lusa

  • Nomeados para os Óscares são anunciados hoje

    Óscares 2017

    As nomeações para a 89ª. edição dos Óscares, os prémios da Academia norte-americana de cinema, são conhecidos esta terça-feira e pela primeira vez o anúncio será feito apenas via Internet. Para ver também aqui em direto, na SIC Notícias, a partir das 13:00.

    Aqui às 13:00

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • "Todo o mundo no voo estava a orar em voz alta"
    4:00
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.