sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal descer a dois a anos e a subir a cinco e dez anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a descer a dois anos e a subir a cinco e dez anos em relação aos valores de terça-feira.

(Lusa/ Arquivo)

Cerca das 08:45 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a avançar para 2,428%, contra 2,405% na terça-feira, e depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho, um máximo desde meados de outubro de 2014.

O mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.

Os juros a cinco anos também estavam a subir, para 1,137%, contra 1,122% no fecho de terça-feira, depois de terem atingido o máximo de 1,927% a 16 de junho e o mínimo de 0,749% a 10 de abril.

Em sentido contrário, no prazo de dois anos, os juros estavam a cair para 0,250%, abaixo dos 0,253% de terça-feira, depois de a 08 de julho terem batido o máximo, de 0,807%, desde outubro.

O mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi alcançado a 13 de abril passado.

Os juros de Espanha e da Irlanda estavam a cair em todos os prazos e, em contrapartida, os da Grécis estavam a subir em todos os prazos. Os juros de Itália estavam a subir a dois anos e a cair a cinco e dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:45:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

14/10....0,250.....1,137....2,428

13/10....0,253.....1,122....2,405

Grécia

14/10......9,353....n disp....7,804

13/10......9,213....n disp....7,772

Irlanda

14/10......-0,174....0,294.....1,143

13/10......-0,166....0,312.....1,165

Itália

14/10......0,088.....0,678....1,638

13/10......0,083.....0,683....1,655

Espanha

14/10......0,070......0,797....1,791

13/10......0,071......0,802....1,794

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Lusa

  • Portugueses e espanhóis protestam em Salamanca contra mina de urânio
    0:38

    País

    O Bloco de esquerda desafia o Governo português a exigir às autoridades espanholas uma avaliação do impacto ambiental da mina de urânio a 40 quilómetros da fronteira portuguesa. Este caso está gerar contestação entre os ambientalistas. Várias associações portuguesas participaram este sábado numa manifestação em Salamanca. A Quercus diz-se preocupada com o impacto da mina de urânio no território português.

  • PS e PSD querem acordo sobre fundos e descentralização até ao verão
    3:07
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • As gravações que provam que as autoridades conheciam o perfil violento de Nikolas Cruz
    1:35