sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a descer a 2 anos e a subir a 5 e 10 anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a descer a dois anos e a subir a cinco e dez anos em relação aos valores de quarta-feira.

(Lusa/ Arquivo)

Cerca das 8:45 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a avançar para 2,481%, contra 2,450% na quarta-feira, e depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho, um máximo desde meados de outubro de 2014.

O mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.

Os juros a cinco anos também estavam a subir, para 1,215%, contra 1,185% no fecho de quarta-feira, depois de terem atingido o máximo de 1,927% a 16 de junho e o mínimo de 0,749% a 10 de abril.

Em sentido contrário, no prazo de dois anos, os juros estavam a cair para 0,278%, abaixo dos 0,283% de quarta-feira, depois de a 08 de julho terem batido o máximo, de 0,807%, desde outubro.

O mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi alcançado a 13 de abril passado.

Os juros da Grécia estavam a subir a dois e dez anos e os da Irlanda a cair em todos os prazos. Em relação aos juros de Itália, estes estavam estáveis a dois e dez anos e a cair a cinco anos, enquanto os de Espanha estavam estáveis a dois anos e a subir a cinco e dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 8:45:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

15/10....0,278.....1,215....2,481

14/10....0,283.....1,185....2,450

Grécia

15/10......9,478....n disp....7,852

14/10......9,352....n disp....7,799

Irlanda

15/10......-0,175....0,289.....1,136

14/10......-0,168....0,291.....1,137

Itália

15/10......0,087.....0,676....1,627

14/10......0,087.....0,679....1,627

Espanha

15/10......0,074......0,805....1,805

14/10......0,074......0,800....1,792

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Lusa

  • "O Governo elegeu o PSD e o CDS-PP como uma espécie de forças do mal"
    1:06

    País

    Pedro Passos Coelho diz que seja quem for o próximo líder do PSD, dificilmente o radicalismo do Governo vai permitir que exista diálogo. Depois de António Costa ter dito que a relação com o PSD vai melhorar com a futura liderança, Passos diz que foi o Governo que encarou sempre a oposição como uma força do mal.

  • Mulher salva dos carris segundos antes de chegar comboio
    0:34

    Mundo

    Aconteceu numa estação de comboios em Melbourne, na Austrália, esta terça-feira. Uma mulher que tentava subir à plataforma foi salva por três agentes da polícia no momento em que chegava um comboio. As imagens de videovigilância foram agora divulgadas.