sicnot

Perfil

Economia

Pedidos semanais de subsídio de desemprego nos EUA em mínimos de 42 anos

Os pedidos semanais de subsídio de desemprego nos Estados Unidos recuaram para o nível mais baixo de 42 anos na semana passada, de acordo com dados publicados hoje pelo Departamento do Trabalho.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© David McNew / Reuters

Na semana que terminou a 10 de outubro, foram registados 255 mil pedidos, uma queda de 7 mil pedidos em relação à semana anterior, quando os analistas esperavam que os pedidos de subsídio chegassem a 269 mil.

Este número, que já tinha sido registado na semana que terminou a 18 de julho, é o mais baixo desde novembro de 1973.

A média de pedidos de subsídio de desemprego nas últimas quatro semanas, um indicador mais fiável para determinar a tendência do mercado laboral, ficou em 265 mil, uma queda de 2.250 em relação ao período anterior. O Departamento do Trabalho indicou que esta média é a mais baixa desde 15 de dezembro de 1973.

A taxa de desemprego nos Estados Unidos ficou em setembro em 5,1%, o nível mais baixo desde há sete anos.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Dominado incêncio no centro de tratamento de resíduos da Tratolixo
    1:55

    País

    O fogo na Tratolixo, em Trajouce, deflagrou esta segunda-feira à noite. As chamas foram controladas a meio da manhã pelos bombeiros. No local estão 133 operacionais, apoiados por 51 veículos. O fogo não fez vítimas nem danos materiais. O vento dificultou o combate às chamas.

  • Duas execuções no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.