sicnot

Perfil

Economia

Finanças recuperam 12,3 M€ com regime excecional de regularização de dívidas de portagem

O Ministério das Finanças informou hoje que mais de 310 mil contribuintes aderiram ao Regime Excecional de Regularização de Dívidas (RERD) de Portagens, tendo sido regularizadas dívidas no valor global de 12,3 milhões de euros desde agosto.

SIC/Arquivo

SIC/Arquivo

Este regime, que teve início a 01 de agosto e terminou na quinta-feira, contou com a adesão de 310.153 contribuintes, permitindo ao Fisco recuperar 12,3 milhões de euros de dívidas de contribuintes que não pagaram portagens até 30 de abril.

Este programa excecional da Autoridade Tributária prevê que os contribuintes beneficiem da dispensa de juros de mora e de reduções de custas e coimas.

As dívidas de portagens contraídas após 01 de maio estão sujeitas também a um novo regime sancionatório, mais favorável do que o regime anterior, que prevê que à falta de pagamento, sobretudo nas ex-SCUT, seja aplicada uma coima única diária, quando anteriormente era aplicada uma coima por cada passagem num pórtico.

Lusa

  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.