sicnot

Perfil

Economia

Governo japonês pede às empresas novos aumentos salariais e mais investimento

O Governo nipónico pediu hoje aos líderes empresariais do país para aumentarem os salários e potenciarem o investimento de capital fixo de forma a contrariar os efeitos negativos do abrandamento da economia chinesa para o Japão.

© Yuya Shino / Reuters

Esta mensagem foi a nota dominante no início de um fórum público-privado mensal que teve início hoje em Tóquio, no qual participou o primeiro-ministro, Shinzo Abe.

Vários membros do Governo insistiram na necessidade de se impulsionar, a breve prazo, atualizações salariais, à semelhança das ativadas nas passadas negociações da primavera com os sindicatos, em que foram aprovados os maiores aumentos numa década no Japão.

No fórum espera-se, por outro lado, que os representantes empresariais peçam ao Governo que acelere a aprovação de diversas reformas de cariz regulador e novos cortes fiscais, em especial no que se refere ao imposto pago pelas empresas, que ainda é um dos mais elevados do mundo desenvolvido, segundo a agência Kyodo.

Este ano, o Governo já reduziu o imposto de 35% para cerca de 32%, um nível que continua, porém, muito acima do aplicado nomeadamente noutros países vizinhos, como a China ou a Coreia do Sul, onde a taxa ronda os 25% e os 24%, respetivamente.

  • UE decide hoje sede da Agência Europeia do Medicamento
  • Fotografia que junta miss Israel e miss Iraque gera polémica
    1:28

    Mundo

    As candidatas a Miss Universo já se começaram a juntar em Las Vegas, nos Estados Unidos, onde irá decorrer a cerimónia, no próximo fim de semana. Um evento que já está a dar que falar e tudo por causa de uma fotografia, que junta as misses do Iraque e de Israel.