sicnot

Perfil

Economia

Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa confiante na produção de novo modelo em 2017

O coordenador da Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa, António Chora, afirmou hoje que os trabalhadores da fábrica de Palmela continuam com a expectativa de começar a fabricar um novo modelo da Volkswagen a partir do segundo semestre de 2017.

© Jim Young / Reuters

"A informação que temos é a mesma que tínhamos há algum tempo, segundo a qual está prevista a vinda de um novo modelo para a fábrica de Palmela, a partir do final do primeiro semestre de 2017", disse, lembrando que a Volkswagen já confirmou a intenção de prosseguir com o investimento em curso na Autoeuropa, que poderá atingir os 677 milhões de euros.

"É um investimento que deverá criar 500 novos postos de trabalho, mas que até podem ser mais, se as coisas correrem bem e a Volkswagen conseguir ultrapassar as dificuldades", acrescentou António Chora, aludindo às dificuldades com que se depara o grupo alemão, devido à utilização de um dispositivo fraudulento instalado em milhões de viaturas para reduzir as emissões de gases durante os testes de medição dos níveis de poluição.

António Chora falava à Lusa após a habitual reunião da Comissão de Trabalhadores das segundas-feiras, na qual foram abordadas algumas questões relacionadas com o momento atual e com o processo negocial para o novo acordo de empresa na Autoeuropa, dado que o anterior caducou no passado dia 30 de setembro.

Apesar de tudo, a Comissão de Trabalhadores considera que seria prematuro fazer qualquer previsão sobre eventuais consequências desta crise da Volkswagen no que respeita a salários e regalias dos trabalhadores da Autoeuropa.

"Estou apreensivo, mas tranquilo", disse António Chora, convicto de que se trata de um sentimento comum à grande maioria dos trabalhadores da fábrica de automóveis de Palmela.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.