sicnot

Perfil

Economia

Credores do Banque Privée Portugal têm até 6 de novembro para reclamar dívidas

Os credores da Sucursal em Portugal do Banque Privée Espírito Santo têm até 6 de novembro para reclamar os créditos, no âmbito do processo de liquidação da instituição, de acordo com a decisão do tribunal que está com o caso.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Denis Balibouse / Reuters

Esta informação foi divulgada através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), sendo dito que "quem pretender efetuar uma reclamação de créditos no âmbito do processo de liquidação em apreço deverá apresentar ou remeter ao administrador da insolvência nomeado um requerimento, acompanhado dos documentos probatórios de que disponham".

As reclamações podem ser feitas por via postal ou por correio eletrónico.

Em setembro, o Banco de Portugal revogou a autorização para operar da sucursal em Portugal do Banque Privée, instituição que pertencia ao Grupo espírito Santo com sede na Suíça. Essa revogação implicou a diluição e liquidação da instituição em Portugal.

A revogação de autorização aconteceu cerca um ano depois de a sucursal em Portugal já ter sido objeto de um conjunto de medidas corretivas, como proibição da concessão de novo crédito, de aplicação de fundos e de receção de depósitos.

Segundo a informação que consta na CMVM, os "depósitos detidos por clientes da sucursal foram já integralmente reembolsados" e mesmo a restante atividade está em níveis residuais, caso do crédito a clientes que caiu "cerca de 60%" desde setembro de 2014.

O Banque Privée Espírito Santo integrava o Grupo Espírito Santo (GES), que entrou em colapso no verão de 2014, com várias 'holdings' a avançarem com pedidos de insolvência devido à impossibilidade de respeitarem o reembolso de emissões de dívida colocadas no mercado, num processo que afetou também o Banco Espírito Santo (BES).

O BES, tal como era conhecido, acabou a 03 de agosto de 2014, quatro dias depois de apresentar um prejuízo semestral histórico de 3,6 mil milhões de euros.

Lusa

  • Primeiro eclipse solar 100% visível nos EUA em 38 anos
    0:40
  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • Campanha eleitoral em Angola chega hoje ao fim

    Mundo

    Os candidatos às eleições gerais angolanas de quarta-feira terminam hoje um mês de campanha, com milhares de quilómetros percorridos, uma breve aparição de José Eduardo dos Santos e as possíveis coligações em destaque.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.