sicnot

Perfil

Economia

Valor sob gestão em Certificados de Aforro e do Tesouro sobe para 20.116 M€ - BdP

O valor sob gestão em Certificados de Aforro e de Tesouro atingiu os 20.116 milhões de euros (M€) em setembro, mais 0,8% ou 166 milhões de euros, face aos 19.950 milhões aplicados em agosto, segundo o Banco de Portugal.

Segundo o Boletim Estatístico publicado hoje pelo banco central, houve, assim, uma desaceleração no aumento do montante sob gestão nestes títulos de dívida pública já que, entre julho e agosto, o acréscimo tinha sido de 180 milhões.

Os dados hoje divulgados mostram ainda que o montante sob gestão em Certificados de Aforro (CA) em setembro totalizou 12.747 milhões de euros, mais 15 milhões do que os 12.732 milhões de euros registados no mês anterior.

Para o crescimento do montante sob gestão em CA contribuíram, não só as novas subscrições, mas essencialmente o aumento dos juros acumulados: entre setembro e agosto os juros acumulados aumentaram 10 milhões de euros (de 4.126 para 4.136 milhões de euros), enquanto as novas subscrições aumentaram cinco milhões de euros.

Isto significa que o valor sob gestão em CA excluindo estes juros representa 8.611 milhões de euros.

Já no que diz respeito aos Certificados do Tesouro, o Estado detinha 7.369 milhões de euros nestes instrumentos no final de setembro, mais 151 milhões do que os 7.218 milhões de euros registados no mês anterior.

Para os Certificados do Tesouro, o Boletim Estatístico não desagrega qual o montante de juros acumulados.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.