sicnot

Perfil

Economia

Portugal regressa hoje aos mercados

Portugal regressa hoje ao mercado para emitir até 1.250 milhões de euros, através de dois leilões de Bilhetes de Tesouro a três e a 11 meses, segundo a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública.

Os dois leilões têm um montante indicativo global entre 1.000 e 1.250 milhões de euros, maturidades a 22 de janeiro e a 23 de setembro de 2016 e representam a primeira ida ao mercado para financiamento de curto prazo deste último trimestre do ano.

A instituição liderada por Cristina Casalinho espera arrecadar até 3.750 milhões de euros em Bilhetes de Tesouro até ao final do ano, emitindo entre 1.000 e 1.250 milhões de euros uma vez por mês.

No último leilão a três meses, que ocorreu a 19 de agosto, Portugal colocou 400 milhões de euros a uma taxa de juro negativa (-0,013%), abaixo da taxa positiva de 0,044% registada no anterior leilão comparável, que se realizou em junho.

No mais recente leilão a 11 meses, que decorreu na mesma data, o IGCP emitiu 750 milhões de euros a uma taxa de 0,021%, abaixo da taxa registada no leilão comparável anterior, de 0,159%, que também se realizou em junho.

Lusa

  • Governo sírio só aceitará cessar-fogo após retirada de rebeldes
    1:29

    Mundo

    O Presidente sírio Bashar Al- Assad diz que só aceitará um acordo de cessar-fogo em Alepo que inclua a retirada de todos os rebeldes da cidade. Na Alemanha, Merkel considerou que a situação na Síria é vergonhosa devido à incapacidade da comunidade internacional aliviar o conflito.

  • Quando se confunde o pedal do travão com o acelerador
    0:38

    Mundo

    Na China, chegam imagens de um acidente fora do normal. Um homem parou o carro e saiu para cumprimentar um amigo. Enquanto conversavam, a viatura começou a descair lentamente. O condutor correu de imediato para o carro. Com as mãos já no volante, tentou evitar o pior mas em vez de carregar no travão, carregou no acelerador.

  • Como (não) travar no gelo
    1:02

    Mundo

    Um vídeo gravado em Montreal, no Canadá, mostra como é quase impossível travar em estradas cobertas de gelo.