sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores da Cimpor reúnem-se com administração para tentar travar despedimento coletivo

A Federação Portuguesa dos Sindicatos da Construção, Cerâmica e Vidro (FEVICCOM) e a Comissão de Trabalhadores (CT) da Cimpor reúnem-se hoje com a administração da cimenteira para tentar travar o despedimento coletivo de 25 funcionários da empresa.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Segundo disse à agência Lusa um representante dos trabalhadores, a reunião está marcada para as 15:00 na sede da Cimpor, em Lisboa, e contará com a presença de representantes dos funcionários -- FEVICCOM e CT -, da administração da empresa e um técnico do Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, como previsto na lei.

A cimenteira Cimpor iniciou na semana passada um processo de reestruturação que afetará 1% dos seus trabalhadores, avançando já em Portugal com um despedimento coletivo de 25 funcionários, na sua maioria quadros superiores.

A empresa justificou este despedimento com a "desaceleração económica sentida em geografias chave para a atividade".

Nesse sentido, a Cimpor iniciou na terça-feira passada "a realização de um processo de reestruturação que afetará cerca de 1% dos seus colaboradores, em países como Brasil, Argentina e Portugal. Em Portugal, este processo cinge-se a cerca de 25 profissionais".

Estes 25 trabalhadores desempenhavam funções nas áreas Corporativa e de Suporte ao Negócio e 'Staff' da Unidade de Negócio Portugal e Cabo Verde, sem abranger assim "qualquer redução nas unidades fabris da Cimpor".

Na altura, fonte da CT confirmou à Lusa que os representantes dos trabalhadores já tinham sido informados desta intenção da administração e que, a avançar - e nos termos da lei -, o despedimento coletivo terá efeitos 75 dias depois do aviso prévio, ou seja, entre dezembro e janeiro.

A Cimpor está presente em oito países de três continentes e conta com cerca de 9.000 colaboradores.

  • "O primeiro-ministro resolveu destrunfar pondo-se aos gritos contra a Altice"
    1:19

    País

    António Lobo Xavier considera que o primeiro-ministro fez declarações públicas de julgamento e interferência no mercado quando falou sobre a Altice. Para o comentador da Quadratura do Círculo, António Costa receou que o processo fosse parecido à alegada tentativa de instrumentalização da TVI por José Sócrates.

  • Hoje, o Primeiro Jornal esteve em Leiria
    1:13
  • Nova tecnologia provoca a queda de drones
    1:39

    País

    Um dia depois da divulgação das medidas de identificação e da obrigatoriedade de seguro para os drones, sabe-se agora que vem aí uma tecnologia para a deteção de drones e respetivos operadores, com capacidade para neutralizar os aparelhos. O início dos testes está previsto para o final do mês, na altura em que a nova legislação será publicada. 

  • "Estamos a perder tempo adiando a descentralização"
    1:29
  • Fãs choram morte de Chester Bennington
    2:12
  • Bigode de Salvador Dalí está intacto, às "10 para as 10"

    Cultura

    O corpo do pintor surrealista catalão foi ontem exumado no Teatro-Museo de Figueres, por ordem de um tribunal de Madrid, para um exame de determinação de paternidade de Pilar Abel, que alega ser filha do artista. O pintor que morreu há 28 anos foi embalsamado e mumificado pelo que o corpo continua preservado e o famoso bigode levantado.

  • Alunos de medicina fazem rastreios porta-a-porta em Belmonte
    2:18

    País

    Cerca de 60 estudantes de vários pontos do país estão em Belmonte, onde vão realizar várias atividades ligadas à saúde durante quatro dias. A SIC acompanhou esta sexta-feira o trabalho na aldeia de Colmeal da Torre. Os alunos fazem rastreios à glicemia, medição da tensão arterial e avaliação da percentagem de gordura corporal; e o objetivo é sensibilizar a população para a importância de hábitos e estilos de vida saudáveis.