sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a descer a 2 anos e a subir a 5 e 10 anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a descer a dois anos e a subir a cinco e a dez anos em relação aos valores de quarta-feira.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

Cerca das 8:45 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a avançar para 2,458%, contra 2,440% na quarta-feira, e depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho, um máximo desde meados de outubro de 2014.

O mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.

Os juros a cinco anos também estavam a subir, para 1,173%, contra 1,155% no fecho de quarta-feira, depois de terem atingido o máximo de 1,927% a 16 de junho e o mínimo de 0,749% a 10 de abril.

Em sentido contrário, no prazo de dois anos, os juros estavam a cair para 0,290%, abaixo dos 0,291% de quarta-feira, depois de a 08 de julho terem batido o máximo, de 0,807%, desde outubro.

O mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi alcançado a 13 de abril passado.

Os juros de Itália e de Espanha estavam a subir em todos os prazos e os da Irlanda a cair a dois e cinco anos e a subir a dez anos. Em relação aos juros da Grécia, estes estavam a subir a dois e dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:45:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

22/10....0,290.....1,173....2,458

21/10....0,291.....1,155....2,440

Grécia

22/10......8,176....n disp....7,561

21/10......8,151....n disp....7,544

Irlanda

22/10......-0,158....0,295.....1,170

21/10......-0,153....0,297.....1,160

Itália

22/10......0,087.....0,656....1,609

21/10......0,086.....0,653....1,604

Espanha

22/10......0,074......0,792....1,745

21/10......0,072......0,790....1,743

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Lusa

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31

    Grande Reportagem SIC

    Carlos Queiroz, ex-selecionador de Portugal, dá-nos uma entrevista forte e transparente. Entrevistámo-lo no Dubai, um lugar que a investigação da SIC coloca no centro do mapa do escândalo do GES/BES. Aqui antecipamos a Grande Reportagem da próxima semana.

    Exclusivo online