sicnot

Perfil

Economia

Ocupação hoteleira sobe para 87% em agosto com preço médio por quarto a crescer, diz associação

A taxa de ocupação por quarto na hotelaria subiu 1,61 pontos percentuais em agosto, face ao período homólogo de 2014, ultrapassando 87%, e com o preço médio por quarto a crescer, segundo a Associação de Hotelaria de Portugal (AHP).

Apesar do crescimento na ocupação hoteleira, em agosto os monitors da AHP (Tourism Monitor) registam abrandamento no ritmo de crescimento deste indicador, por comparação com o que se vinha a verificar nos meses anteriores.

"Esse ritmo de crescimento abrandou face aos meses anteriores, o que é natural. Agosto é, por tradição, o mês mais forte de ocupação hoteleira e, consequentemente, a margem de progressão para o crescimento nesse indicador é menor", explicou Cristina Siza Vieira, presidente executiva da AHP, numa nota enviada.

O Tourism Monitor da AHP revela ainda que todas as categorias hoteleiras registaram aumentos em agosto, com destaque para as unidades de cinco estrelas, com uma variação de mais 2,88 pontos percentuais (p.p.) face a agosto de 2014.

Os destinos turísticos com a taxa de ocupação mais elevada foram o Algarve (93,49%), Madeira (92,43%), Grande Porto (89,55%) e Costa Azul (89,69%).

O preço médio por quarto ocupado fixou-se em 98,05 euros, revelando uma subida de 13,54%, enquanto o preço médio por quarto disponível (RevPar) teve um aumento homólogo de 15,68%, atingindo 85,72 euros.

Os destinos turísticos com o RevPar mais elevado foram o Algarve (137,74 euros) e Estoril/Sintra (103,44 euros).

A receita média por turista no hotel foi de 113 euros, mais 4,63% do que em agosto de 2014, enquanto a estada média de 1,94 dias, valor inferior a 4,9% face ao verificado no período homólogo.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.