sicnot

Perfil

Economia

Associação do setor diz não haver razão para evitar consumo do bacalhau

A associação dos industriais do bacalhau (aib) afirmou hoje que não há razões para evitar o consumo de bacalhau, uma vez que aquele que abastece a indústria nacional e que os portugueses consomem é proveniente de pescarias sustentáveis.

"O bacalhau que abastece a indústria nacional e que os portugueses consomem é proveniente de pescarias sustentáveis, cujo estado da biomassa é permanentemente monitorizado", assegura a aib, acrescentando que "sob exigentes medidas comunitárias de controlo contra a pesca ilegal, não declarada e não regulada, a indústria portuguesa aprovisiona as suas matérias-primas em origens onde estas imposições são cumpridas".

A posição da associação surge num comunicado divulgado um dia depois de ter sido apresentado um guia de pesca sustentável que recomenda que se evite o consumo de algumas espécies como o salmão, o bacalhau e a lula.

De acordo com um guia de sustentabilidade que o Oceanário de Lisboa preparou juntamente com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), e que a Lusa divulgou na quinta-feira, cada português consome, em média, 57 quilos de pescado por ano, devendo ser evitado o consumo de espécies vulneráveis, sobre exploradas ou com métodos de captura/criação com impacto no meio ambiente.

Entre estas últimas, encontra-se, por exemplo, o bacalhau, embora a responsável de Divisão de Modelação e Gestão de Recursos da Pesca do IPMA do IPMA, Ana Moreno, tenha esclarecido à Lusa que a lista "a evitar" se refere ao peixe de menores dimensões.

A associação indica que "as populações de bacalhau do Atlântico encontram-se em muito bom estado, [...] nomeadamente, no Mar de Barents, onde a Rússia e a Noruega partilham uma quota total de 894.000 toneladas e na Islândia, que aumentou este ano a quota em 10% para as 239.000 toneladas".

Mesmo nas zonas onde a indústria portuguesa não se abastece, como é o caso do Mar do Norte, "tem havido grandes progressos na sua recuperação".

"Pela importância que a espécie tem para os países onde se pesca, os processos de monitorização do estado dos recursos são cada vez mais intensos e eficazes no sentido de assegurar a sua sustentabilidade, pelo que podemos estar seguros de que continuará a haver bacalhau para suprir as necessidades da nossa alimentação proveniente de pescarias sustentáveis", garante a aib.

Lusa

  • Incêndio em Lisboa faz um ferido
    4:13

    País

    Um incêndio de grandes dimensões deflagrou esta segunda-feira numa loja, na Avenida de Berlim, em Lisboa. O repórter André Palma esteve no local, onde ouviu o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa. Pedro Patricio confirmou que foi assistida uma pessoa por inalação de fumos e, por questões de segurança, os veículos estacionados perto do local foram retirados, assim como foi pedido às pessoas dos prédios à volta que saíssem por causa do fumo. O incêndio foi dominado.

  • "Rui Rio avisou que vinha para partir loiça dentro do PSD"
    3:00
  • Hugo Soares não deverá continuar como líder parlamentar do PSD
    3:17

    País

    Rui Rio não deverá manter Hugo Soares na liderança parlamentar do PSD. Fonte próxima do novo presidente social-democrata diz à SIC que dificilmente o líder da bancada poderá continuar no cargo. Aumenta a pressão para que Hugo Soares ponha o lugar à disposição e já começam a surgir nomes para o substituir.

  • Suspeita de militantes fantasma no PSD
    4:22

    País

    Perante a suspeita de militantes fantasma e de caciquismo, Salvador Malheiro, diretor de campanha de Rui Rio, diz que o ato eleitoral foi devidamente fiscalizado. Uma investigação do jornal Expresso encontrou oito filiados numa morada que não existe e 17 militantes com morada numa casa onde vivem nove pessoas e nenhuma é do PSD. A associação cívica Transparência e Integridade fala num vazio legal e em falta de regulamentação.

  • Cristiano Ronaldo está insatisfeito com o salário e pode sair do Real Madrid
    2:38