sicnot

Perfil

Economia

Efromovich vai avançar com providência cautelar contra privatização da TAP

German Efromovich vai avançar nos próximos dias com uma providência cautelar contra a privatização da TAP. De acordo com o Diário Económico, o empresário pretende contestar a venda nos tribunais nacionais e em Bruxelas.

(Arquivo)

(Arquivo)

© John Vizcaino / Reuters

Efromovich diz que a última decisão do governo comprova que a venda à Atlantic Gateway é ilegal. O conselho de ministros decidiu que as contas da TAP vão passar a ser auditadas mensalmente.

O empresário colombiano diz que esta é a prova de que o Estado deu garantias públicas aos bancos, apesar da empresa estar praticamente privatizada.

  • Governo decide acautelar eventual recuo na privatização da TAP
    1:15

    Economia

    O Governo decidiu acautelar um eventual recuo na privatização da TAP e, para isso, aprovou hoje em Conselho de Ministros uma alteração ao contrato de venda da transportadora ao consórcio de Neelman/Pedrosa. No caso do negócio ser desfeito, a dívida da TAP não pode ser maior do que era quando a empresa ainda estava nas mãos do Estado. Recorde-se que só nos últimos três meses a dívida da companhia agravou-se em 100 milhões de euros.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.