sicnot

Perfil

Economia

Efromovich vai avançar com providência cautelar contra privatização da TAP

German Efromovich vai avançar nos próximos dias com uma providência cautelar contra a privatização da TAP. De acordo com o Diário Económico, o empresário pretende contestar a venda nos tribunais nacionais e em Bruxelas.

(Arquivo)

(Arquivo)

© John Vizcaino / Reuters

Efromovich diz que a última decisão do governo comprova que a venda à Atlantic Gateway é ilegal. O conselho de ministros decidiu que as contas da TAP vão passar a ser auditadas mensalmente.

O empresário colombiano diz que esta é a prova de que o Estado deu garantias públicas aos bancos, apesar da empresa estar praticamente privatizada.

  • Governo decide acautelar eventual recuo na privatização da TAP
    1:15

    Economia

    O Governo decidiu acautelar um eventual recuo na privatização da TAP e, para isso, aprovou hoje em Conselho de Ministros uma alteração ao contrato de venda da transportadora ao consórcio de Neelman/Pedrosa. No caso do negócio ser desfeito, a dívida da TAP não pode ser maior do que era quando a empresa ainda estava nas mãos do Estado. Recorde-se que só nos últimos três meses a dívida da companhia agravou-se em 100 milhões de euros.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão