sicnot

Perfil

Economia

Pesca da sardinha prolonga-se até 31 de dezembro

A pesca da sardinha vai ser prolongada até 31 de dezembro, até ao limite de 9000 toneladas, segundo um despacho hoje publicado no Diário da República, que aumenta também os limites diários das descargas.

(Arquivo)

(Arquivo)

O Governo decidiu em agosto reduzir as quantidades máximas de descarga, para evitar o esgotamento precoce da quota fixada para cada organização de pescadores, mas a pesca de sardinha está interdita em várias regiões do país que atingiram os limites locais de captura, como Peniche, Nazaré e Algarve.

O diploma hoje publicado volta a rever o limite diário, desta vez em alta, tendo em conta que a sardinha descarregada se destina sobretudo ao abastecimento da indústria conserveira e que "as capturas apresentam um bom rendimento em algumas zonas da costa onde a pesca ainda decorre".

Os limites diários passam a ser de 2,5 toneladas para embarcações com comprimento igual ou inferior a nove metros; 4,5 toneladas para barcos com comprimento superior a nove metros e inferior a 16; e de seis toneladas para embarcações com mais de 16 metros.

No ano passado, a pesca da sardinha foi suspensa a 20 de setembro, por esgotamento de quota, a que seguiu um período de defeso biológico, tendo sido retomada a partir de março de 2015.

  • Bruno de Carvalho garante empenho do Sporting
    0:52

    New Articles

    Bruno de Carvalho diz que o Sporting continua empenhado apesar do momento que o clube atravessa. O presidente leonino discursou ao início da tarde no núcleo Leões da Madeira, no Funchal, onde o Sporting joga hoje com o Marítimo.

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.