sicnot

Perfil

Economia

UGT diz que "seja qual for" o executivo vai lutar pelo aprofundamento da concertação social

O líder da UGT, Carlos Silva, afirmou que não passa "pela cabeça" da central sindical que, seja qual for o Governo, a concertação social não seja aprofundada para reverter medidas dos últimos quatro anos.

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

LUSA/ ARQUIVO

"A UGT, aquilo que transmitiu hoje, pela minha voz e dos colegas presentes, foi que estará sempre disponível para, qualquer que seja o Governo que aí venha, aprofundar a concertação social. Não nos passa pela cabeça que as políticas que nós apresentámos, inclusivamente a estes partidos políticos [PSD e CDS], que não sejam atendidas por qualquer Governo que venha aí", afirmou Carlos Silva aos jornalistas.

Após ter recebido uma delegação do PSD e do CDS, encabeçada pelo líder centrista, Paulo Portas, a pedido daqueles partidos, Carlos Silva sublinhou falar "em nome da central, sem opiniões pessoais que possam colocar em causa a unidade e coesão", como a preferência por um Governo de sociais-democratas e centristas, com o compromisso do PS, que expressou numa entrevista no dia 12 de outubro passado.

"Quando recebo mensagens, percebo-as à primeira, tirei as minhas ilações", afirmou, recordando que a posição lhe criou "dissensões dentro da UGT, sanadas desde a passada sexta-feira", quando o secretariado da central sindical se reuniu para analisar as declarações de Carlos Silva.

Hoje, Carlos Silva sublinhou que, "seja um Governo da coligação, seja um Governo de esquerda, nomeadamente com o PS", a UGT não vai desistir "de pugnar para que os trabalhadores vejam muitas das políticas dos últimos quatro anos revertidas, até porque o programa de ajustamento já terminou há muito tempo e já é mais do que tempo de minorar os sacrifícios".

Lusa

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • "Vai custar muito a voltarmos à realidade"
    2:22
  • Ministro alemão elogia Centeno que está otimista com o futuro da Zona Euro
    1:13

    Economia

    Mário Centeno diz que a Zona Euro tem um futuro positivo pela frente e acredita que o grupo dos países do euro está alinhado num projeto comum. Declarações do novo presidente do Eurogrupo no final de um encontro com o ministro das Finanças alemão, em Berlim. Peter Altmaier deu Portugal como exemplo de sucesso e reconheceu que foi um erro dividir a Europa entre Norte e Sul durante os anos da crise.

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • Quando o frio até as pestanas congela

    Mundo

    Os termómetros desceram até aos - 67º Celsius em Yakutia, 5.300 quilómetros a Este de Moscovo, na Rússia. Nesta região, os estudantes estão habituados a manter as rotinas, mesmo quando as valores chegam aos - 40º Celsius, mas esta terça-feira as autoridades encerraram escolas e aconselharam a população a ficar em casa, longe do frio que até as pestanas congela.

    SIC